Juiz de Fora - MG

Segunda-feira, 27 de abril de 2015, atualizada às 19h

Comissão é criada para pleitear pagamento do piso nacional dos agentes de endemia

Uma comissão para pleitear junto ao Executivo, o pagamento do piso nacional dos agentes de endemia que hoje está em R$ 1.014 foi criada pelo presidente da Câmara de Juiz de Fora, Rodrigo Mattos (PSDB). A Prefeitura de Juiz de Fora, segundo a categoria, paga R$ 830. A comissão será formada por Roberto Cupolillo (Betão - PT), Luiz Otávio Fernandes Coelho (Pardal - PTC), além de mais um vereador que ainda será indicado. A decisão de se criar a comissão é resultado da audiência pública realizada nesta segunda-feira, 27, realizada por iniciativa do vereador Rodrigo Mattos.

Além da exigência do piso nacional para a categoria, a audiência também teve o objetivo de discutir as condições de trabalho dos agentes. Chegaram até Mattos várias informações como a falta de combustível para circulação do fumacê, troca de contratados por concursados em uma única etapa, sem treinamento adequado.

A audiência ainda teve o propósito de discutir o elevado índice de infestação da dengue na cidade. O resultado do último Levantamento de Índice Rápido de Aedes Aegypti (LIRAa) chegou a 6,8% quando o Ministério da Saúde recomenda 1%. Em algumas regiões, como Monte Castelo, Santa Catarina e Vale do Ipé, o índice chega a 14,5%. Rodrigo Mattos cobrou da Prefeitura o retorno da divulgação semanal do número de infectados pela dengue, como era realizado na gestão anterior, dando mais transparência na situação da dengue em Juiz de Fora. Para ele, esta divulgação ajuda a população a se conscientizar sobre o perigo da doença e, com isso, tomar cuidados mínimos no combate ao mosquito.

Com informações da Câmara

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.