• Assinantes
  • Autenticação
  • Política

    Continuação dos projetos será o foco dos vereadores reeleitos

    Legisladores acreditam que o trabalho desenvolvido no atual mandato foi o principal motivo para conquistarem novamente uma cadeira na Casa

    Andréa Moreira
    Repórter
    10/10/2012
    Câmara Municipal de Juiz de Fora

    O Portal ACESSA.com dá continuidade nesta quarta-feira, 10 de outubro, às entrevistas com os vereadores de Juiz de Fora reeleitos para a próxima legislatura. Relembrando que das 19 vagas na da Câmara Municipal de Juiz de Fora, dez continuam com as mesmas pessoas. Além destas, duas serão ocupadas pelos vereadores Oliveira Tresse (PSC) e Luiz Otávio Fernandes Coelho (PTC), conhecido como Pardal. Ambos ocuparam uma vaga na Câmara, no período de 2005 a 2008.

    Também veterano da Câmara, Júlio Carlos Gasparette (PMDB) segue para o quarto mandato. O vereador, que ainda comandou duas secretarias na Prefeitura de Juiz de Fora, acredita que isso foi fundamental para que ele seguisse para mais uma legislatura. "Durante o mandato do prefeito Tarcísio Delgado, fui secretário de Atividades Urbanas, e nos primeiros 14 meses do mandato do Alberto Bejani, estive à frente da Secretaria de Indústria Comércio e Turismo. Aliando estes trabalhos ao meu terceiro mandato de vereador, creio que a experiência fez com que eu conseguisse a confiança, mais uma vez, do povo."

    Para o próximo mandato, Gasparette afirma que irá dar sequência a três projetos. "Vou continuar lutando pelo emprego aos 14 anos de idade, nem que para isso tenha que mandar para o Congresso Nacional várias representações. Também quero a aprovação da Lei de Regularização dos Imóveis, já que, atualmente, o município possui cerca de 200 mil imóveis irregulares. Por fim, irei buscar a descentralização dos serviços da Prefeitura."

    O trabalho desempenhado desde 2009 foi o motivo citado pelo vereador Noraldino Lúcio Dias Júnior (PSC). "Grande parte da minha reeleição está vinculada ao meu desempenho durante estes últimos quatro anos. Sei que errei algumas vezes, mas aprendi com os os erros," revela Noraldino, que seque para seu segundo mandato pretendendo promover a aproximação entre a população e os vereadores. "Quero que o povo tenha mais conscientização da política e saiba mais sobre o trabalho desenvolvido pelo vereador."

    Roberto Cupolillo (PT), conhecido como Betão, também segue para o segundo mandato. O petista afirma que o trabalho na primeira legislatura foi o principal motivo para que a população confiasse nele novamente. "Conseguimos fazer oito plenárias e oito boletins informativos de prestação de contas. Essa transparência dos nossos gastos fez com que o povo conseguisse ver e avaliar nosso trabalho." Para o próximo mandato, Betão afirma que irá manter a coerência da sua proposta. "Vou continuar defendendo a implantação do Piso Nacional para o magistério em Juiz de Fora e lutar pelo fim das terceirizações na cidade."

    Rodrigo Cabreira de Mattos (PSDB), que segue para o terceiro mandato, destaca que durante as duas últimas legislaturas, conseguiu adquirir muita experiência, o que contribuiu para a conquista de uma cadeira. "No meu primeiro mandato fui oposição ao prefeito Alberto Bejani, já no atual, exerci o papel de líder de Governo. Tudo isso, aliado ao trabalho que realizei de transparência e seriedade, fez com que eu observasse os dois lados da política e me fortalecesse para o terceiro mandato." Sobre os projetos para a próxima legislatura, Mattos afirma que irá esperar o resultado final das eleições do Executivo municipal. "A atuação do vereador depende de quem será o prefeito, ou seja, se seremos oposição ou situação, por isso, irei aguardar."

    O petista Wanderson Castelar Gonçalves também acredita que o trabalho desenvolvido por ele na Câmara Municipal, foi o motivo para seguir em 2013 para o segundo mandato. "Durante os quatro últimos anos lutei pela moralização do Legislativo. O povo conseguiu observar isto e reconhecer o meu trabalho." Para o próximo mandato, Castelar afirma que também seguirá com os projetos já apresentados. "Vou continuar lutando pela extinção das verbas extras do Legislativo e promover uma fiscalização mais eficiente do Executivo. Além disso, pretendo apresentar uma lei que crie uma área de proteção nas escolas municipais, melhorar a atuação primária e básica no município, estender para toda a cidade o programa Ambiente da Paz, desenvolvido em conjunto pela Prefeitura e pela Polícia Militar. Por fim, tentarei fazer com que a Câmara contribua para desenvolvimento regional de Juiz de Fora."

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.