Juiz de Fora - MG

Juiz-foranos protestam contra o deputado federal Marco Feliciano

O pastor tem sido alvo de protestos por fazer declarações polêmicas envolvendo questões como racismo e homofobia

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
20/3/2013

manisfestação A concentração para mais uma manifestação Fora Feliciano! movimentou o Parque Halfeld na tarde desta quarta-feira, 20 de março. O protesto se deve à mobilização de um grupo de pessoas sem vínculo partidário, que busca reunir o maior número de pessoas contra a permanência do pastor e deputado Marcos Feliciano (PSC-SP), da presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. Atualmente, o deputado responde a dois processos no Supremo Tribunal Federal (STF), por homofobia e estelionato.

De acordo com a estudante Letícia Castelli, idelizadora do movimento, o primeito ato foi realizado no último dia 9. '' Estamos nos mobilizando há duas semanas, desde quando anunciaram o nome do novo presidente. Temos dois grupos em uma rede social, nos reunimos todos os dias e discutimos, compartilhamos notícias. Na minha escola, passei por todas as salas, a fim de explicar aos alunos a situação. Várias pessoas do país estão nos apoiando, inclusive pessoas que moram em Buenos Aires e Londres, que também estão fazendo seus movimentos contra o pastor. O que nós queremos é tira-lo da presidência e não vamos desistir até conseguirmos. Acredito que é indo para as ruas, mostrando a população e ganhando visibilidade.''

O fundador Movimento Gay de Minas (MGM), Oswaldo Braga, apoia a iniciativa dos jovens e chama a sociedade para a luta. '' Nós, do MGM, somos os mais interessados. Está na hora de levar os poderes dessa República a sério, o que o pastor está fazendo é chacota, é uma questão que envolve a todos, toda a sociedade que leva os poderes a sério precisa se indignar. Não se trata de uma questão envolvendo só os gays, os negros... Agora somos nós, amanhã serão outros grupos. Nesta quarta-feira, o pastor fechou os corredores do congresso, proibindo que manifestantes entrassem. A sociedade vai ficar calada? Está na hora de todos se movimentarem.''

Estiveram presentes na manifestação representantes da Assembleia Nacional dos Estudantes (Anel) e do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). O parlamentar Marco Feliciano foi indicado pelo seu partido no dia 5 deste mês para presidir a comissão de Direitos Humanos da Câmara durante o biênio 2013-2015. O pastor da igreja Assembleia de Deus causou polêmica, em 2011, ao publicar em uma rede social frases contra africanos e homossexuais.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.