• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde

    Juizforanos precisam se atentar para a alimentação Ingestão de duas porções por dia de frutas e legumes ajuda a manter uma boa qualidade de nutrientes no organismo, prevenindo algumas doenças

    Daniele Gruppi
    Repórter
    26/06/2008

    Apesar da divulgação sobre a importância de se ingerir frutas e legumes, muitos juizforanos não tem o hábito de consumí-los. Segundo a nutricionista Fernanda Fernandes Gonçalves, a preocupação com a alimentação só existe quando a pessoa está doente.

    A vida apressada faz com que cada vez mais os produtos prontos sejam a opção de uma grande parcela da população. Além da facilidade, Fernanda aponta o preço como outro fator determinate para a situação. "O macarrão, o fubá e o arroz, por exemplo, são baratos e sustentam mais, por isso são preferidos. Tem pessoas que não têm condições de comprar frutas e legumes sempre".

    A nutricionista afirma que a ingestão de duas porções de frutas e legumes por dia ajuda a manter uma boa qualidade de nutrientes no organismo, evitando algumas doenças. "Uma alimentação ideal para uma pessoa saudável deve conter 50% a 60% de carboidratos, 15% a 20% de proteína e 25 a 30% de lipídios (gorduras). Nas frutas e legumes são encontrados carboidratos, vitaminas, sais minerais e fibras".

    Ela afirma que tanto as frutas como os legumes ajudam no processo digestivo e também na melhora a imunidade. Ela dá uma dica para as pessoas optarem pelos alimentos de safra. Agora, no inverno estão em alta o morango, abacaxi, maçã, pêra, mexerica, dentre outros.

    "O importante é variar os alimentos. Assim, não vai haver deficiência de nutrientes. Costumamos dizer que quanto mais colorida for a refeição, melhor". Ela diz que as verduras devem ser consumidas na forma crua e que os legumes cozidos perdem o valor nutricional quando consumido muito tempo depois de ter sido levado ao fogo.

    Foto de maçã Foto de pêra Foto de mamão

    O mesmo acontece com as frutas. "As pessoas costumam bater vitaminas e fazer sucos, entretanto, deve-se bebê-los imediatamente para que não haja perda dos nutrientes. O suco tem a mesma propiedade da fruta, se não for coado". Fernanda afirma ainda que é melhor comer as frutas do que consumí-las no suco ou na vitamina.

    Para quem não gosta do sabor dos alimentos, a nutricionista aconselha a transformá-los. Se a cenoura, a beterraba ou o mamão, por exemplo, não agradam, é possível misturá-los numa bebida ou em outro alimento sem que se perceba o sabor deles.

    Foto de tomate Foto de cenoura e pepino Foto de batata

    Ela afirma que é comum no inverno as pessoas se descuidarem da alimentação. Na estação mais fria do ano, é natural do metabolismo humano a necessidade de se fazer a ingestão de mais calorias para que não haja a perda de calor no corpo. "Como as frutas e legumes dão a sensação de frescor, o consumo é menor".

    Segundo Fernanda, os alimentos em forma de caldos são ideais no momento, pois pode-se abusar dos legumes e vegetais. Ela destaca aleatoriamente alguns alimentos que trazem benefícios para a saúde. Veja a tabela:

    Foto de tabela

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.