Quarta-feira, 17 de dezembro de 2008, atualizada às 16h53

Período de chuvas aumenta a preocupação com os focos de dengue em Juiz de Fora



Guilherme Arêas
Repórter

O início do período chuvoso em Juiz de Fora aumenta a atenção para os riscos trazidos pelos mosquitos da dengue. A chuva não dá tregua à cidade há cerca de três dias e, por isso, a atenção aos possíveis focos do aedes aegypti deve ser redobrada.

De acordo com relatório do Ministério da Saúde, Minas Gerais e mais 15 estados brasileiros correm o risco de sofrer epidemia da doença em 2009. Em Juiz de Fora, os dados da Secretaria Municipal de Saúde confirmam quase 500 casos de dengue até o final de novembro.

No último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), divulgado pelo Ministério da Saúde, o município apresentou o índice 0,6%, o mesmo de 2007. A situação satisfatória foi decretada mesmo com o aumento do número de infectados em relação a 2007, que registrou 364 casos, 315 locais e 49 importados.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que ações preventivas são realizadas diariamente em Juiz de Fora. Cerca de 100 agentes de saúde fazem as visitas domiciliares. O mutirão contra a dengue também conta com aproximadamente 500 agentes comunitários do Programa Saúde da Família, que atuam nas 56 UBSs da cidade.

O local que apresentou o maior índice de infestação de mosquitos da dengue em Juiz de Fora este ano foi o bairro Esplanada.

Como eliminar criadouros de mosquito

Fonte: PJF

Conteúdo Recomendado