• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Segunda-feira, 11 de maio de 2009, atualizada às 18h38

    Número de casos de dengue dobra em menos de um mês em Juiz de Fora. Secretaria de Saúde confirma 115 pessoas doentes

    Clecius Campos
    Repórter

    Até esta segunda-feira, 8 de maio, a Secretaria de Saúde de Juiz de Fora confirmou 115 casos de dengue desde o início do ano. O número é mais que o dobro do divulgado no último dia 11 de abril, quando 57 pessoas haviam contraído a doença. A quantidade de casos autóctones, contraídos no município, quase triplicou, passando de 37 para 91. Os casos importados são 24 e outros 36 pacientes estão em investigação. Os números, no entanto, são menores que os do ano passado. No primeiro quadrimestre de 2008, Juiz de Fora registrou 167 casos da doença.

    Os bairros que apresentam maior número de casos são o Manoel Honório, com 23, e o Bairu, com 16. De acordo com a chefe do Departamento de Vigilância Epidemiológica, Alessandra Esther de Mendonça, o aumento é esperado nessa época do ano. "O calor associado às chuvas, típicos da transição do verão para o inverno, favorece o nascimento de mais mosquitos. Porém, o principal motivo está relacionado à educação sanitária da população."

    Segundo Alessandra, cinco novos agentes estão em fase de contratação e devem ir a campo nos próximos dias. O quadro passa para 144 agentes. Ela afirma ainda que o departamento tem feito o combate ao Aedes Aegypti de maneira adequada nos locais de fácil acesso. "A colaboração da população é essencial para evitar uma infestação. Os agentes têm algumas dificuldades de penetração em casas, para tirar objetos que possam servir de criadouros para o mosquito. Isso atrapalha o trabalho."

    A Secretaria de Saúde segue com o monitoramento inteligente dos focos de dengue na cidade. Embora o departamento já tenha em mãos o resultado da primeira coleta das 1.037 armadilhas instaladas em toda a cidade, Alessandra afirma que não é possível fazer um diagnóstico sobre a situação. "O método é comparativo, precisamos de mais resultados para oferecer uma estatística mais próxima da realidade." Na próxima semana, os números devem ser divulgados.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.