Quarta-feira, 28 de abril de 2010, atualizada às 19h38

Pagamento de obras realizadas na UPA de São Pedro ainda está pendente

Clecius Campos
Repórter

O pagamento de obras de reforma e de adequação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro São Pedro ainda está pendente. A falta vem à tona após denúncia do vereador Flávio Checker (PT), durante a reunião ordinária da Câmara Municipal nesta quarta-feira, 28 de abril. O legislador afirma ter sido procurado pelos empreiteiros responsáveis pela obra, que relataram o problema.

"Esta é mais uma vertente da terceirização dos serviços públicos. Os empresários não conseguem receber e a competência está sendo passada de cá para lá. Esse tipo de terceirização ainda ocorre de maneira pouco usual." O motivo da crítica é o fato de que as obras estariam a cargo da Fundação do Hospital Universitário (FHU), seguindo acordo entre a Prefeitura (PJF) e o órgão. Segundo Checker, a FHU não estaria realizando o pagamento pelos serviços, porque ainda não recebeu a verba a ser repassada pela administração municipal. O vereador fez um pedido de representação para que a PJF esclareça o assunto.

A PJF assume a existência do acordo, que tem previsão de investimento no valor de R$ 250 mil para a UPA de São Pedro e a unidade similar localizada no bairro Santa Luzia. No entanto, se defende afirmando que o convênio estabelecido prevê o pagamento da verba quando a unidade da Cidade Alta iniciar a operação. A assessoria de comunicação da PJF informa que o valor será incorporado à primeira parcela do custeio mensal e que a dívida está aberta, porém não vencida.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.