Sexta-feira, 8 de outubro de 2010, atualizada às 17h20

Vacinação antirrábica tem data marcada em JF, mesmo com suspensão da campanha por parte do MS

Aline Furtado
Repórter
Cachorro e gato

Mesmo diante da determinação, em caráter preventivo, da suspensão da campanha de vacinação antirrábica destinada a cães e gatos pelo Ministério da Saúde (MS), a Secretaria de Saúde (SS) de Juiz de Fora confirma a data da realização da segunda etapa da ação.

De acordo com informações da assessoria da SS, a medida segue orientação da Gerência Regional de Saúde (GRS), a qual aponta que a marca e o lote da vacina aplicada na primeira etapa, realizada em agosto, assim como as doses disponíveis para o próximo dia 23, são diferentes das vacinas aplicadas no Rio de Janeiro e em São Paulo.

A determinação do MS deve-se à investigação, ocasionada por reações apresentadas pelos animais, do medicamento que foi disponibilizado. Os primeiros resultados dos exames indicaram a ocorrência de efeitos graves, como dificuldade de locomoção, hipersensibilidade de contato e intensa prostração, além de mortes de animais.

Segundo a SS, na primeira etapa, um total de 50.722  animais foram imunizados na cidade e não houve registro de qualquer tipo de problema em cães e gatos. A expectativa é de imunizar, no próximo dia 23, entre seis a oito mil animais.

A orientação é que aqueles que não receberam a dose na primeira etapa, assim como os animais que receberam a vacina uma só vez na vida, sejam imunizados. Além disso, no caso de o dono desconhecer o histórico vacinal do cão ou do gato, há indicação da dose. Para receber a vacina, o animal deve ter mais de quatro meses de idade.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

 


 

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.