• Assinantes
  • Saúde

    Pais fazem filas no Dia D de vacinação contra pólio e sarampo Em JF, 30.082 crianças devem tomar a dose contra a paralisia infantil e 36.097 contra o sarampo. A meta é atingir, pelo menos, 95% destes números

    Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
    18/6/2011

    Campanha de vacinação

    O Dia D de vacinação contra a poliomielite, ou paralisia infantil, e contra o sarampo foi marcado por filas, neste sábado, 18 de junho, em Juiz de Fora, onde foram montados mais de 90 postos de imunização. De acordo com um dos coordenadores do posto montado no Parque Halfeld, o enfermeiro do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, Fabrício Luiz da Silva, a procura pelas doses movimentou o espaço desde as primeiras horas da campanha. "A expectativa é que continue assim até as 17h, quando será encerrado o Dia D."

    Para a mãe do pequeno Pedro Lucas, de seis anos, Elisângela Aparecida de Souza, ações desta natureza são importantes por garantirem a saúde das crianças. "Ele foi imunizado contra o sarampo, o que dá a certeza de que estará livre da doença para o resto da vida." De acordo com dados da Secretaria de Saúde (SS), em Juiz de Fora, 30.082 crianças devem tomar a dose contra a poliomielite e 36.097 contra o sarampo. A meta é atingir, pelo menos, 95% destes números.

    Devem ser vacinadas contra a pólio todas as crianças de zero a menores de cinco anos, independente de terem recebido a imunização anteriormente. A dose contra o sarampo deve ser aplicada em crianças entre um ano e menores de sete anos, independente da situação vacinal prévia ou de ter contraído a doença anteriormente. A imunização contra a pólio ocorre em duas etapas: neste mês e em agosto. A vacinação contra o sarampo é feita em dose única.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.