Terça-feira, 20 de setembro de 2011, atualizada às 16h14

Médicos dos planos de saúde cruzam os braços nesta quarta-feira

Da Redação
Foto de médico

Os médicos conveniados a planos de saúde de Juiz de Fora e de todo o Brasil farão uma paralisação de 24 horas nesta quarta-feira, 21 de setembro. Será suspenso o atendimento em consultórios, ambulatórios e hospitais de todo o país. Em algumas localidades, haverá suspensão de procedimentos eletivos. Todos os pacientes com consultas marcadas para este dia terão garantia de novo agendamento. Os serviços de urgência e emergência serão mantidos durante todo o dia.

Segundo dado da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), os planos de saúde contam com 207.036 beneficitários em Juiz de Fora.

A mobilização é liderada pela Comissão Nacional de Saúde Suplementar (Comsu), composta por representantes do Conselho Federal de Medicina (CFM), da Associação Médica Brasileira (AMB) e da Federação Nacional dos Médicos (Fenam). As reivindicações nacionais dos médicos são o reajuste imediato da tabela de honorários, tendo como referência a Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM); o estabelecimento de critérios e de periodicidade anual de reajuste; e o fim das interferências antiéticas na autonomia do médico. Segundo nota publicada pelo DFM, a paralisação é uma "resposta ao silêncio das operadoras". Desde 7 de abril, médicos e empresas estão em negociações salariais.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.