Segunda-feira, 13 de maio de 2013, atualizada às 17h50

JF prorroga vacinação contra gripe até atingir 80% do público-alvo

Da Redação
vacinaçao

A Secretaria de Saúde (SS) irá prorrogar a campanha de vacinação contra a gripe no município, até atingir 80% do público-alvo, seguindo a determinação do Governo Federal. Dados do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (DVEA) revelam que até a última sexta-feira, 10 de maio, 78.747 pessoas foram imunizadas em Juiz de Fora, o que representa 79,69% do total estimado.

Dentro do grupo prioritário, apenas 4.901 gestantes receberam a dose contra a gripe. Este número corresponde a apenas 65,21% do total. As crianças atingiram 77,36%, restando ainda, 258 crianças para receber a dose. Já o grupo dos idosos imunizou 78,55%, dos 71.510 previstos. Somente as puérperas e profissionais de saúde atingiram a meta, representado respectivamente 98,51% e 93,21%.

Ação

De acordo com a assessoria da Secretaria de Saúde (SS), o bairro Industrial, localizado na região Noroeste, apresentou baixo índice de vacinação. Visando reverter a situação, uma equipe volante da SS atua na região nesta segunda e terça-feira, 13 e 14, oferecendo doses da vacina a população. A ação ocorre entre 8h e 11h, na praça principal do bairro. A secretaria disponibilizou ainda uma equipe para atender as pessoas acamadas, que não possuem condições de sair de casa e que desejam se vacinar. Este serviço funciona para em qualquer local do município. Para receber a dose, a pessoa deve ligar para o telefone 3690-7509 e solicitar o serviço. O nome é incluído em uma lista e, assim que possível, um agente será encaminhado ao local.

As  demais pessoas que ainda não se vacinaram devem procurar a Unidade de Atenção Primária à Saúde (UAPS) mais próxima de sua residência, além dos departamentos de Saúde do Idoso; da Criança e do Adolescente; e da Mulher, no período das 8h30 às 16h30. O grupo prioritário é formado por gestantes, idosos com 60 anos ou mais, mulheres em puerpério (até 45 dias após o parto), indígenas, crianças de 6 meses a 1ano 11 meses e 29 dias, profissionais de saúde, doentes crônicos e pessoas privadas de liberdade.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.