• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Sábado, 30 de novembro de 2013, atualizada às 9h

    Campanha de Combate à Aids é lançada em Juiz de Fora

    aids

    A Campanha de Combate à Aids foi lançada em Juiz de Fora, na última sexta-feira, 29 de novembro. O evento marca o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, no domingo, 1º de dezembro.

    Para a campanha deste ano, a população de Juiz de Fora ganhou mais tempo e atenção, já que terá disponíveis, em horário ampliado, diversos mutirões, que realizarão testes rápidos de HIV/Aids, VDRL/Sífilis (teste que permite a identificação de pacientes portadores da sífilis) além de encaminhamentos para testagem e acompanhamento de hepatites B e C, com horário estendido até às 20 horas.

    A partir deste sábado, 30, uma programação foi elaborada pela Secretaria de Saúde. Estandes serão montados como postos fixos de distribuição de preservativos e materiais educativos, além de palestras e trabalhos de prevenção e os mutirões.

    As ações serão realizadas no Cine-Theatro Central e feira livre da avenida Brasil, além das unidades de Atenção Primária à Saúde (APS) e PAM Marechal, até 6 de dezembro (confira).

    Os números apresentados pela SS revelam que, com a implantação dos testes rápidos, em janeiro, houve um aumento mensal no número de atendimentos a portadores de HIV na cidade, comparado a 2012. Desde o inicio deste ano foram registrados cerca de oito casos por mês de novos portadores do vírus no município.

    Testes rápidos

    Atualmente, o Programa DST/Aids realiza cerca de 300 testes rápidos por mês na cidade, sendo referência para cerca de cem municípios da região, como Leopoldina, Cataguases e Viçosa, entre outras. São realizadas 1.440 consultas médicas especializadas por mês, 600 atendimentos de psicologia e serviço social e 1.200 exames para controle de HIV/Aids, além de 900 procedimentos de enfermagem, neste mesmo período.

    Com o objetivo de apresentar melhorias no tratamento e prevenção da Aids em Juiz de Fora, está previsto para o primeiro semestre de 2014 o funcionamento do novo Centro de Referência e Treinamento (CRT) em DST/Aids. O serviço passará, ainda, a capacitar municípios que possuam pacientes portadores da doença, que se tratam em Juiz de Fora, o que reduzirá o número de usuários sendo atendidos na cidade e que precisam se deslocar de região. Essas cidades passarão a ter uma rede de assistência regional.

    Durante o encontro, foi anunciada a criação do Departamento da Aids, o que irá facilitar a captura de recursos estaduais e federais e a capacitação das unidades de Atenção Primária à Saúde como Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), além da aquisição de um veículo para ações de prevenção e assistência e implantação do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids.

    Com informações da PJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.