• Assinantes
  • Saúde

    Farmácia de Homeopatia do SUS de Juiz de Fora pode ser reaberta neste ano

    Os serviços homeopáticos na cidade completam 20 anos com evento solene que acontece nesta sexta-feira

    Angeliza Lopes
    Repórter
    20/11/2015
    homeopatia

    Fechada por dois anos, a Farmácia de Homeopatia de Juiz de Fora pode ser reaberta ainda neste ano, conforme a chefe de departamento de Práticas Integrativas e Complementares (DPIC), Neysa Campos. Os serviços de homeopatia pelo SUS na cidade completam 20 anos com evento solene que acontece nesta sexta-feira, 20 de novembro, no anfiteatro da Agência de Cooperação Intermunicipal em Saúde Pé da Serra (Acispes), no 3° andar. O dia de palestras, mesa-redonda, atividades culturais, exposição, distribuição de livros e homenagens também marca o Dia Nacional da Homeopatia, comemorado neste sábado, 21. Com o retorno da produção dos medicamentos, os trabalhos no município tornam a funcionar integralmente.

    A farmácia, quando aberta, produz cerca de 1.200 remédios por mês, que são distribuídos gratuitamente para os pacientes. A chefe de departamento explica que há dois anos a vigilância sanitária fez vistoria no espaço, a pedido do promotor de Saúde, sendo observado itens em discordância. "As medidas necessárias foram tomadas, mas o período coincidiu com algumas reorganizações na Secretaria de Saúde, emperrando contratos que precisavam ser feitos. Para a elaboração dos remédios homeopáticos são necessárias análises de água e álcool, sendo que alguns deles precisam de licitação para acontecer, o que toma tempo", destaca.

    Neysa completa que neste últimos dias os trâmites avançaram e estão na reta final, faltando apenas o item de análise da água, que será na próxima semana. "Os contratos já estão assinados e as verbas liberadas. Por isso, é possível que a farmácia abra ainda nesta ano, mas não podemos confirmar datas".

    Novembro Verde

    Além da data, o departamento realizou durante este mês o "Novembro Verde", com estande para tirar dúvidas da população, na galeria do Posto de Atendimento Médico (PAM) Marechal. A chefe de departamento do DPIC conta que a programação à noite homenageará pioneiros, fundadores e apoiadores dos serviços que são referência na área e lutaram para os avanços da homeopatia na cidade.

    "Existe um crescimento na procura, sobretudo, na acupuntura que possuí uma fila de espera de mil pessoas. No estande recebemos uma solicitação de pessoas de cidades vizinhas, que gostariam de receber atendimento homeopático em Juiz de Fora, mas não existe dentro da legislação vigente possibilidade do atendimento desta demanda. Vamos levar este pedido as autoridades competentes para ver como seria possível atender, até mesmo, com cursos de capacitação nas cidades", destaca.

    Todos os interessados em receber acompanhamento e tratamentos homeopáticos pelo SUS devem procurar a Unidade Atenção Primária (UAP's) mais próxima e solicitar o encaminhamento para a consulta, sem passar pelo médico. São feitos acolhimentos, rodas de conversa, atendimentos de intercorrências, visando consultas prolongadas com vínculo, com o intuito de observar o doente e não a doença. O DPIC ainda possuí projeto para se tornar Centro de Referência com ampliação para a antroposofia, fitoterapia e com crescimento da acupuntura.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.