• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Quarta-feira, 25 de setembro de 2019, atualizada às 16h30

    Ação informa sobre Dores Crônicas em Juiz de Fora

    Da redação

    A dor crônica é uma doença que não tem cura, mas pode ser amenizada com tratamento continuado. Para falar sobre como gerenciá-la, na próxima sexta-feira, 27 de setembro, acontece em Juiz de Fora a Ação de Conscientização do Dia da Dor, realizada pelo Ambulatório Multiprofissional da Dor do HU-UFJF/EBSERH. O profissionais também vão esclarecer a respeito dos trabalhos realizados pelo grupo e os tratamentos com maior evidência na atualidade.

    No dia, serão distribuidos cartilhas e esclarecimentos à população em três locais: na unidade Dom Bosco do HU-UFJF, no PAM Marechal e na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Santos Dumont. Além disso, na Praça Cívica da UFJF, acontece uma caminhada contra a dor e a prática de técnicas de mindfulness (atenção plena), com a participação da professora da Faculdade de Psicologia da UFJF Edelvais Keller.

    De acordo com a fisioterapeuta do HU-UFJF Anna Paula Sarchis, a campanha serve para mostrar que as dores têm tratamento. “É importante levar à população essas informações de tratamentos eficazes e que eles podem ter uma melhor qualidade de vida. Além disso, alertar sobre o impacto social que a dor crônica realiza, já que ela causa grande número de afastamentos de trabalho. Esse dia é importante para que possamos parar para pensar sobre isso: por que (o número de pessoas com dor crônica) aumenta tanto e o que pode ser feito para melhorar?”.

    Os interessados em iniciar tratamento pelo Ambulatório Multiprofissional da Dor do HU devem solicitar encaminhamento com profissionalis da assistência do Hospital. Assim, por enquanto, os encaminhamentos são realizados apenas internamente.

    Dores Crônicas

    O Ambulatório Multiprofissional da Dor oferece abordagem completa a pacientes portadores de dores crônicas. São caracterizadas como crônicas as dores persistentes, que superam quatro meses de duração mesmo após o tratamento. Elas também podem causar crises intermitentes, como explica a também fisioterapeuta do HU-UFJF/EBSERH Gláucia Vieira. “Muitas vezes o paciente não faz o tratamento que deveria ou, quando o faz, persiste algum resquício. Quando isso acontece, essa dor passa a ser crônica e a pessoa carrega essas dores por toda a vida”, expõe.

    Entretanto, as dores crônicas não estão somente ligadas ao modelo biomédico, relacionado diretamente à doença. Em vista disso, o novo ambulatório oferece atendimento biopsicossocial, que considera fatores somáticos, biológicos, psicológicos, sociais e emocionais como parte do processo da dor. Isso, de acordo com Anna Paula, faz com que o paciente seja cuidado na sua integralidade.

    Confira a programação

    HU-UFJF - Unidade Dom Bosco
    Atividade: Esclarecimentos e distribuição de cartilhas à população atendida.
    Horário: a partir das 7h.
    Endereço: Av. Eugênio do Nascimento, s/n - Dom Bosco.

    UBS Santos Dumont
    Atividade: Esclarecimentos e distribuição de cartilhas à população atendida.
    Horário: a partir das 7h.
    Endereço: R. Álvaro José Rodrigues, 25 - Santos Dumont.

    PAM Marechal
    Atividade: Esclarecimentos e distribuição de cartilhas à população atendida.
    Horário: a partir das 13h.

    Praça Cívica - UFJF
    Atividade: Esclarecimentos e distribuição de cartilhas à população, caminhada contra a dor e prática de técnicas de mindfulness.
    Horário: a partir das 14h30.

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.