• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Wilma Montes Wilma Montes 25/4/2013

    Radiofrequência

    MulherA radiofrequência é um dos tratamentos mais modernos da Fisioterapia Dermato Funcional, e é indicado para rejuvenescimento facial e corporal. Utiliza radiações eletromagnéticas de alta frequência, que produzem efeito térmico através de manoplas que aplicam os tratamentos.

    O aparelho de radiofrequência trabalha com a elevação da temperatura interna do tecido, promovendo o aumento da circulação sanguínea em direção ao tecido conectivo, diminuindo a concentração de toxinas. O aquecimento localizado estimula a produção de colágeno e o aumento do metabolismo, que provoca, quase instantaneamente, a contração das fibras e a tonificação da pele.

    A estimulação dos fibroblastos acelera a produção e regeneração do colágeno, permitindo um resultado muito satisfatório, que não precisa de período de recuperação. É indolor, provocando até analgesia em processos inflamatórios crônicos; não relacionada ao processo agudo.

    É um tratamento não cirúrgico, sem cortes nem agulhas, não há lesões superficiais, edemas ou equimoses. Uma vermelhidão pequena pode ser vista em alguns pacientes que, normalmente, desaparece logo depois e não há cuidado especial necessário após o tratamento.

    Dependendo do tamanho da área tratada, o procedimento pode tomar de alguns minutos até uma hora. O tempo da sessão é entre 30 a 50% menor do que as outras tecnologias. Efetivo e seguro para todos os fototipos de pele. Com resultados comprovados imediatos e de longo prazo.

    Usado para fortalecimento da pele com flacidez em diversas regiões. Pode ser aplicada na face, diminuindo linhas de expressão e rugas; na região do pescoço, diminuindo papada; na parte interna dos braços; interna das coxas; muito usada para flacidez dérmica abdominal; tratamento da celulite; de cicatrizes; estrias; fibroses pós-operatórias; envelhecimento; gordura localizada e outros.

    Funciona muito bem em pacientes que tiveram filhos e ficaram com flacidez de pele. A radiofrequência trata mais de um problema ao mesmo tempo na região aplicada. Redução da circunferência e retração da pele em um único tratamento por exemplo. Estrias, celulite e flacidez em glúteos é outro exemplo.

    Fazendo as aplicações com um profissional devidamente capacitado, terminada a sessão já é possível ver a contração do tecido. Com o passar das sessões, ocorre uma mudança permanente e duradoura. Apenas um profissional poderá avaliar o número e a frequência de tratamentos requeridos, dependendo da gravidade do caso específico para cada paciente. Os melhores resultados são alcançados com aplicações sendo feitas entre duas ou três semanas de diferença e, no máximo, um mês após a última aplicação. Os resultados são definitivos, mantendo-se por um ano.

    Protetor solar é obrigatório durante o tratamento, durante o tempo todo. Quando o rosto for exposto ao sol, deve-se adotar o uso de chapéus e bonés.

    As contraindicações da radiofrequência são: mulheres grávidas, portadores de marcapasso, próteses metálicas na zona a tratar, câncer ou metástase, artrite, tuberculose, pacientes imunodepressivos, doenças crônicas sistêmicas descompensadas, menores de 18 anos, processo de cicatrização – pós-imediato e tromboflebites.


    Wilma Rodrigues Montes
    é fisioterapeuta, especializada em Pilates e RPG Philippe Souchard

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.