• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Ana Stuart Ana Stuart 18/07/2014

    Vícios e suas origens

    vicioPara falar de vício, vamos entender suas origens.

    Quando criança descobrimos que quando chorávamos, logo mamávamos..de onde vinha o prazer e o bem estar. Tornando-se um hábito, sendo que esta atitude mental poderá ser perpetuada através de algo irresistível.

    No caso da obesidade, o inconsciente pode ter desenvolvido a crença de que "se tenho um problema, preciso comer para resolvê-lo." Por incrível que pareça o viciado é um conservador.

    E por medo do mundo que o ameaça, acomoda-se nos vícios ou hábitos destrutivos, sentindo-se protegido ilusoriamente, principalmente pelo medo de lançar-se ao novo.

    Acomoda-se na crença de que naquele determinado vício sentirá o prazer que a vida não lhe proporciona, ou que não se sente capaz de conquistar. Para descobrir de onde veio esta crença é necessário irmos até o fundo do Iceberg... Afinal, o vício é apenas a ponta aparente. Normalmente deriva de nossa Mente Instintiva, que baseia-se na busca frenética pelo prazer, para a manutenção da sobrevivência humana.

    No futebol por exemplo, quando se torna vício é devido o prazer da vitória que a vida não proporciona..e quando a vitória não ocorre, o indivíduo torna-se selvático, unindo-se às multidões entusiastas ou enfurecidas, adquirindo um espírito grupal instintivo único, perdendo desta forma a identidade pessoal.

    Vamos lembrar de alguns exemplos, como o trucidamento dos cristãos nos circos romanos, a queima dos hereges, nas fogueiras da inquisição, o linchamento de negros, em nosso século, a cólera e agressividade nos campos de futebol.

    É bom que reflitamos sobre nossos vícios, hábitos destrutivos e nossa falta de identidade pessoal pela grupal instintiva.

    Observando desta forma a origem de nossas crenças e as das pessoas que nos criaram..

    Rompendo os velhos hábitos pela coragem das mudanças necessárias e a consequente "Qualidade de Vida"!!


    Ana Stuart é psicóloga e terapeuta familiar

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.