Sexta-feira, 21 de setembro de 2012, atualizada às 15h40

Oi e Sim TV lideram o ranking de reclamações no Procon de JF em agosto

Da Redação
Procon JF

A Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/JF) realizou um levantamento das empresas que lideraram o maior número de reclamações junto ao órgão durante o mês de agosto. Em primeiro lugar no ranking está a empresa Oi (Telemar), seguida da Televisão Cidade (Sim TV) e da BV Financeira. O acesso ao serviço (SAC) está entre os problemas mais comuns apresentados. A pesquisa foi realizada na última quarta-feira, 19 de setembro, e divulgada nesta sexta, 21.

Apesar de não ter disponibilizado a porcentagem de cada empresa, o Procon informou que a Oi apresentou reclamações no que diz respeito aos problemas de onerosidade, no menu, indisponibilidade e inacessibilidade aos deficientes do acesso ao serviço (SAC). Destaca-se, ainda, a recusa injustificada da empresa em prestar serviço. Com relação à empresa Sim TV, as reclamações referem-se à rescisão de contrato e ao SAC. A BV Financeira teve reclamações contra antecipação de financiamento, não entrega de cópia de contrato e não entrega de boleto de quitação.

Já o quarto lugar no ranking é ocupado pela empresa Claro, que apresentou reclamações de produtos entregues de maneira incompleta e do acesso ao serviço. Em quinto lugar está a Caixa Econômica Federal, que teve reclamações sobre a cobrança de multa acima do permitido e também o acesso ao serviço. A Nova Casas Bahia, que ocupa o sexto lugar, apresentou reclamações de produtos entregues com defeitos.

No sétimo lugar está a Embratel, que recebeu reclamações sobre a recusa injustificada em prestar serviço e também acesso ao serviço. O oitavo lugar é ocupado pelo Banco do Brasil, que sofreu reclamações em relação à antecipação de financiamento e não pagamento de indenização. Já a Cemig, em nono lugar, recebeu reclamações sobre cobrança indevida e, em décimo lugar, está a Faculdade Estácio de Sá, com reclamações em relação à rescisão de contrato e o acesso ao serviço.

Além disso, todas essas empresas apresentaram reclamações sobre a cobrança indevida de valores e outros problemas específicos para cada tipo de empresa e serviço prestado. O Procon informou, ainda, que a relação de todas as empresas reclamadas está disponível no órgão e que, a partir desta data, serão disponibilizadas todas as reclamações feitas a cada mês.

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.