Juiz de Fora - MG

Felipe Reis Felipe Reis 23/11/2013

Deixe seus dias mais refrescantes sem abrir mão do café

Amantes do café costumam sofrer no verão, que já vem chegando. Mas os cafés gelados vêm salvar até os loucos por cafeína nessa época do ano que a impressão que fica é a de que a gente precisa gelar tudo.

Há quem diz que o frappé é o diminutivo de frappuccino, ou que o frappuccino é a mistura do frappé com o cappuccino, mas as duas bebidas não são a mesma. Definitivamente.

Na verdade, a base tradicional de café é o que as torna parecidas. A diferença é que o frappé é feito com sorvete e o frappuccino usa leite e bastante gelo. A textura do frappé fica entre um milkshake mais leve e um café mais cremoso. Já o frappuccino se resume a um cappuccino gelado.

Com o sucesso dos frappuccinos mundo afora, é comum encontrar as mais diferentes variações: feitos com chás no lugar do espresso, com sorvete, de morango, baunilha, doce de leite, chocolate, caramelo. O espresso pode ser substituído por um café coado bem forte ou por um cappuccino pronto.

Já comentei com vocês que tenho uma “quedinha” pelo gengibre. Até no café ou, nesse caso, no frapuccino dou um jeito de colocar. Cá entre nós: essa liberdade para fazer do nosso jeitinho e com o que a gente gosta é o melhor disso tudo.

Frappuccino de Gengibre

Ingredientes

  • 4 cafés espressos (cerca de ¾ de xícara)
  • 1 xícara de leite, preferencialmente de baixa caloria
  • ¼ de xícara de açúcar
  • 1 colher de sopa de chocolate ou cacau em pó
  • ½ colher de chá de gengibre ralado
  • 2 xícaras de gelo

Modo de fazer

Dica: Para uma bebida mais fraca, use dois espressos, diminua o açúcar pela metade e acrescente mais meia xícara de leite.

Em um liquidificador, misture uma xícara de leite, ¼ de xícara de açúcar e quatro cafés espressos, preferencialmente já frio. Adicione 2 xícaras de gelo e bata até quebrar bem.

Acrescente ½ colher de chá de gengibre ralado e uma colher de sopa de chocolate ou cacau em pó. Bata novamente para incorporar os ingredientes.

Rende de três a quatro copos grandes e pode ser servido com chantilly por cima. Para decorar, um pouco de cacau peneirado, raspas ou calda de chocolate.

Vocês repararam na caneca? Ela dá um charme todo especial à bebida e pode ser utilizada para servir diversos tipos de café. Mas preciso confessar que foi uma saga encontrar aqui em Juiz de Fora. Em toda loja especializada que eu entrava, já tinha acabado. Isso só pode significar uma coisa: a bebida está em alta. Agora beba antes que esquente.

 

4 cafés espressos (cerca de ¾ de xícara) 1 xícara de leite (preferencialmente de baixa caloria) ¼ de xícara de açúcar 1 colher de sopa de chocolate ou cacau em pó ½ colher de chá de gengibre ralado 2 xícaras de gelo Em um liquidificador, misture uma xícara de leite ¼ de xícara de açúcar Quatro cafés espressos, preferencialmente já frios Adicione 2 xícaras de gelo e bata até quebrar bem Acrescente ½ colher de chá de gengibre ralado Uma colher de sopa de chocolate ou cacau em pó. Bata novamente para incorporar os ingredientes Rende de três a quatro copos grandes Pode ser servido com chantilly por cima e, para decorar, um pouco de cacau peneirado, raspas ou calda de chocolate

Felipe Reis é jornalista, pós-graduando em Comunicação Empresarial, trabalha com consultoria de comunicação na área política e aventura-se pela cozinha. Acredita que cozinhar é uma saída criativa que desperta os sentidos no fim de longos dias.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.