Faça a revisão no seu carro antes de viajar Anote as dicas para fazer a revisão ou troca das peças do seu carro
no período certo e evitar surpresas na viagem




Renato Costa
Colaboração
09/01/2007

Motor de veículo Durante as férias, muitas famílias aproveitam para por em prática os planos da sonhada viagem. Mas em muitas situações um dos itens mais importantes são esquecidos: a revisão dos automóveis.

No dia 31 de dezembro, o universitário Christian Ribeiro se preparava para viajar de Juiz de Fora até Bom Jardim de Minas. Antes de sair, checou os níveis de óleo e água, suspensão e equipamentos de segurança, como extintor e macaco. Porém, ele não contava com outra surpresa: problemas na embreagem.

Pouco depois de entrar na BR 040 o sistema de embreagem falhou, deixando o carro inoperante. "A partir dali, só deu pra chamar e ficar esperando o reboque", conta. Embora Christian ainda não tenha certeza, a revisão geral poderia ter evitado o transtorno.

ângelo Litieri, mecânicoDe acordo com o mecânico de automóveis Ângelo Littieri, a revisão em uma oficina é fundamental, mas poucas pessoas procuram o serviço. "A maioria dos que nos procuram pedem apenas para checarmos os freios e trocarmos o óleo", diz. Ele explica que um carro sem revisão está sujeito a vários problemas em uma viagem. "Quando o carro vai para a estrada, o risco de acidentes é muito maior se o carro não passou por um check-up completo. Se o sistema de direção não estiver bom e o veículo passa em um buraco, o motorista pode perder o controle do automóvel", explica.

Além de prevenir acidentes ou viagens interrompidas, economicamente a revisão pode sair mais barata que o conserto. Segundo Ângelo, uma checagem completa do automóvel varia entre R$ 500 e R$ 1300. "É importante também que o dono do carro cuide bem dele. Quanto mais deixar acumular problemas pequenos, mais cara será a revisão. O melhor é, ao sinal de qualquer ruído estranho, por exemplo, procurar uma oficina", diz.

Os direitos do consumidor
Motor de veículo

Os donos de carro que procurarem as oficinas para uma revisão devem ficar atentos, para não terem problemas quanto aos serviços prestados. O Código de Defesa do Consumidor prevê que o consumidor tem direito a um orçamento detalhado.

Com o orçamento em detalhes, o consumidor poderá identificar o custo da mão-de-obra e das peças que serão substituídas, além das condições de pagamento e validade do serviço. Também deverão constar as datas de início e término da execução do serviço, para que não surjam suspresas desagradáveis que poderão adiar a viagem.

O Procon orienta que, se o veículo estiver dentro do prazo de garantia, o consumidor deve levá-lo a uma oficina autorizada, apresentando o termo de garantia e a nota fiscal. Caso o automóvel não tenha garantia, a agência recomenda que o consumidor faça uma pesquisa com amigos, ou consulte o banco da dados do Procon.

Veículo na estrada Somente peças originais e dentro das especificações do fabricante poderão ser utilizadas em caso de substituições. Somente se o consumidor autorizar, o mecânico poderá utilizar uma peça fora dessas condições.

Caso se sinta prejudicado com a prestação do serviço, o consumidor deve fazer a reclamação pelo telefone 156, na agência do Procon (Avenida Independência, 992) ou nos centros regionais.


  • Ar Condicionado - a cada 20.000 km
  • Sistema de Arrefecimento - a cada 15.000km
  • Câmbio - a cada 20.000 km
  • Escapamento - a cada 20.000 km
  • Freios (pastilhas) - a cada 10.000 km
  • Freios (lonas) - entre 25.000 e 40.000 km
  • Injeção eletrônica - a cada 40.000 km
  • Óleo do motor - verificar semanalmente, trocar a cada 20.000 km
  • Filtro de ar - a cada 10.000 km
  • Correia dentada - a cada 40.000 km
  • Filtro de combustível - a cada 30.000 km
  • Suspensão - a cada 40.000 km
  • Velas - de 15.000 a 60.000 km (varia de acordo com o material)
Fonte: www.automovel.com.br

*Renato Costa é estudante do 10º período de Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.

Arquivo

Ver mais...