• Assinantes
  • Autenticação
  • Turismo
    Terça-feira, 24 de janeiro de 2012, atualizada às 19h12

    Liberada a circulação de veículos em seis estradas que haviam sido interditadas pelas chuvas em MG

      Da Redação
    estradas

    Nas últimas 24 horas, foi liberada a circulação de veículos em quatro trechos que estavam totalmente interrompidos devido a problemas ocasionados pelas chuvas.

    A LMG-615, rodovia que liga Patrocínio do Muriaé a Barão do Monte Alto, que estava com tráfego interrompido no quilômetro 24, teve a circulação de veículos normalizada no início da tarde desta terça-feira, 24 de janeiro. Com o rompimento de aterro e um bueiro, a distância entre as cidades, que era de apenas 13 km, passou a ter que ser realizada por meio de um desvio de 78 quilômetros.

    Com o sol aparecendo, o que possibilita a aceleração dos trabalhos, o Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) restabeleceu o tráfego na LMG-850, quilômetro 12, entroncamento MGC-265 com BR-120, que tinha um abatimento na pista. O mesmo aconteceu na MG-285, Cataguases, entroncamento BR-120 (Leopoldina), quilômetro 87, onde havia caído uma barreira.

    O tráfego também foi restabelecido na MG-280, Alto Rio Doce / Dores do Turvo, quilômetro 87, mas neste ponto, que se encontrava totalmente interrompido, a circulação de veículos ainda está sendo feita em meia pista. A BR-418, muito utilizada nesta época do ano por quem viaja para as praias do Sul da Bahia, teve o quilômetro 177 liberado, com os serviços de recuperação da meia pista que estava interditada.

    No quilômetro 319, da BR-120, entre Guanhães e o entroncamento da MG-229, em Senhora do Porto, o problema de queda de barreira que limitava o tráfego a meia pista está sanado. A circulação também foi normalizada entre Materlândia e Sabinópolis, nos quilômetros 41 e 42, onde havia o mesmo problema.

    MG-353

    O tráfego na MG-353, trecho entre Juiz de Fora e Coronel Pacheco, na Zona da Mata, foi restabelecido na sexta-feira, 20. Neste momento, a preparação da base está sendo finalizada para que a pista seja asfaltada e, em seguida, receba a sinalização horizontal e vertical.

    A erosão de aterro na rodovia estadual impedia a passagem de cerca de seis mil veículos por dia numa das principais estradas da região, que dá acesso ao Aeroporto Regional Presidente Itamar Franco. A interdição da MG-353 não prejudicou a movimentação de passageiros no terminal, já que foram utilizadas estradas alternativas. Os quatro voos diários permaneceram inalterados e não houve queda no número de embarques e desembarques durante o período.

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.