Cerca de 50% dos pacotes de viagem de final de ano já estão vendidos em JF

No Brasil, as praias nordestinas são as mais procuradas. Já quem deseja viajar para o exterior tem como opções principais a Europa e América do Norte

Andréa Moreira
Repórter
6/9/2012
Agência de Viagem

A estação mais fria do ano está se despedindo e, com os dias mais quentes, as pessoas começam a se preparar para as festas de fim de ano. Esta preparação, em muitos casos, está vinculada a viagens. Com isso, a procura por pacotes turísticos já começou e, em Juiz de Fora, o destino mais procurado são praias, como afirma o delegado regional da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV), Varela Aragão. "Os pacotes nacionais têm como destino principal a região do Nordeste. Já na rota internacional podemos destacar o Caribe. Mas como o Réveillon é uma data especial, destinos como a América do Norte e Paris também são procurados."

Aragão destaca que algumas agências já fecharam cerca de metade dos pacotes de fim de ano. "Já conseguimos fechar entre 45% e 50% das viagens deste período." Opinião compartilhada por Alice Cherem. "A partir de setembro é que as vendas começam a aquecer. Mas já conseguimos fechar cerca de 40% dos pacotes de fim de ano."

As praias nordestinas também são a preferência dos clientes de Alice. "Fortaleza e Natal sempre são muito requisitadas. Este ano, ainda temos um atrativo a mais que são os resorts. Porém, as pessoas estão preferindo fechar os chamados pacotes com o sistema all inclusive, que além da hospedagem, oferece bebidas e refeições inclusas no pacote. Isso se torna mais vantajoso, até mesmo para as pessoas que não consomem bebidas alcoólicas", opina.

O delegado regional da ABAV explica que estas facilidades são um atrativo a mais, pois as viagens de final de ano estão intimamente relacionadas aos sonhos. "Se a pessoa deseja passar o Réveillon em uma praia nordestina, ela vai optar por aquele hotel que oferecer um show do seu artista predileto. Já quem deseja ver uma queima de fogos, nenhum lugar é mais indicado do que o Rio de Janeiro." E estes sonhos possuem preços, como alerta Aragão. "Temos pacotes de R$ 1.200, entretanto, alguns podem atingir R$ 7 mil, por pessoa."

Mas as facilidades oferecidas pelas agências tornam as viagens mais acessíveis. "Hoje em dia os pacotes podem ser divididos em até dez vezes, e algumas agências trabalham com cartão de crédito, cheque e até mesmo boleto bancário," explica Aragão. Devido a essas facilidades, o delegado acredita que haverá um aumento de 15%, em relação aos pacotes de fim de ano vendidos em 2011.

Cautela

Atualmente, a internet está repleta de ofertas de passeios turísticos, hospedagens em hotéis de luxo e resorts. Mas Aragão adverte que as pessoas têm que ter muita cautela antes de fechar qualquer contrato. "A primeira coisa que a pessoa deve fazer é verificar se aquele hotel ou pousada é credenciado. Para isso, ela pode fazer uma consulta no site da Associação Brasileira de Agências de Viagens. Também é bom ter referências sobre o local, pois, muitas vezes, o site posta uma imagem e quando a pessoa chega ao destino não é nada daquilo."

Outro alerta do delegado é sobre a leitura de contratos. "As pessoas devem estar muito atentas quando fecham um pacote, para saber realmente o que é oferecido. Os sites de compra coletiva, por exemplo, são uma ótima opção de viagens, mas as ofertas possuem data específica para serem usadas."

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.