• Assinantes
  • Autenticação
  • Turismo

    Aeroclube de Juiz de Fora
    Lazer, aventura e paixão pelos ares

     

    Renata Cristina
    Repórter
    14/03/2007
    ACESSA.com multimídia:
    Veja as fotos
    Leia mais:

     

    Um dos mais antigos locais de vôo e lazer do Brasil, o Aeroclube de Juiz de Fora foi criado em 1938 e se firmou como ponto turístico da região. Localizado em uma área privilegiada, contornada por resquícios de Mata Atlântica, com muito verde e paisagens de tirar o fôlego, o clube é sinônimo de dois extremos: tranqüilidade e aventura.

    Por lá, são realizados cursos de pilotagem, vôos turísticos e aulas de paraquedismo. Para quem tem medo de chegar às alturas, existem restaurantes e bares à disposição diariamente. Um parque infantil também compõe o entorno, acrescentando uma opção para as crianças.

    A grande atração do local são os aviões, como o paulistinha, corisco, aeroboero e o planador "quero-quero". Com uma tarde no clube, é possível ter noções básicas de aviação e de como o aprendizado compromissado são importantes para a segurança de tripulantes e pilotos.

    Brincando de se exibirem, ora imponentes, ora frágeis, as aeronaves representam o belo resultado da inventividade humana e de Santos Dumont, que colocou em prática o seu ilustre desejo de voar.

    Difícil mesmo, é não soltar um sorriso ou um comentário de satisfação quando se vê alguma dessas máquinas. A curiosidade também é muito grande e, freqüentemente, sócios e instrutores, são cobertos de perguntas dos visitantes.

    Foto de avião no aeroclube Foto de avião no aeroclube Foto de avião no aeroclube

    A grande estrela dessa "exposição" a céu aberto é o primeiro avião de Juiz de Fora, o "teco-teco" Porterfield Americano, também conhecido como PP-GAN (foto abaixo - Cursos de Aviação). A aeronave chegou na cidade em 5 de maio de 1940 e muitos veteranos do clube relatam que a população fazia fila para vê-lo. O PP-GAN voou até 1968 e foiintegar o acervo do Museu Mariano Procópio. No entanto, retornou ao Aeroclube para manutenção e permanece até hoje por lá.

    Atualmente, por uma determinação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a área do Aeroporto teve que ser cercada por uma grade que, distancia público de pilotos, por questões de segurança. Embora a ação não permita o contato direto com as máquinas, há como visualizar a chegada e saída dos vôos bem de perto.

    Os shows aéreos são realizados esporadicamente, em datas festivas, como no aniversário do Aeroclube que, coincide com as comemorações do aniversário de Juiz de Fora. Vôos acrobáticos, saltos de páraquedas e a esquadrilha da fumaça são algumas das atrações nestas festas.

    Vôos Panorâmicos

     

    Foto de avião no aeroclube A grande atração turística do Aeroclube é o vôo panorâmico. O passeio dura cerca de 15 minutos e faz um tour por Juiz de Fora. De acordo com a diretoria do clube, cerca de 10 a 12 vôos turísticos são realizados semanalmente na cidade.

    Para quem pretende ver as montanhas mineiras de outros ângulos, há duas opções. A primeira delas é o passeio de avião, com lugar para três pessoas. O valor do giro é de R$ 130. Os solitários também podem se divertir por R$ 39, 00. Já a segunda opção é o passeio de planador (foto - centro acima), uma aeronave sem motor que decola com a ajuda de um avião rebocador.

     

    Cursos de aviação
    Foto de avião no aeroclube A Escola de Aviação Civil do Aeroclube-JF é referência em todo o país. "Muitos interessados vêm de diversas regiões do Brasil e até do exterior para fazer o curso. Atualmente, temos dois alunos de Cabo Verde", relata o diretor do AeroClube de Juiz de Fora, Luiz Tavares de Souza. Em 2006, cerca de 30 pilotos se formaram na escola de aviação, sendo que cinco deles obtiveram a licença para atuar profissionalmente no mercado.

     

    Entre os cursos oferecidos, estão o de piloto privado e comercial. O instrutor Luiz Fernando Ribeiro Lucas, há 16 anos no ramo da aviação, explica que, primeiramente, é necessária a licença de piloto privado. "O aluno precisa ser aprovado no curso teórico da Anac para começar as aulas práticas", esclarece. Nesta etapa,os estudos são voltados para a regulamentação do tráfego aéreo, metereologia, conhecimentos técnicos de aeronaves, navegação e teoria de vôo em baixa velocidade.

    Para se conseguir a licença de piloto privado é preciso, ainda, 35 horas de vôo, no mínimo. Durante a prática, os alunos passam por três fases distintas: a pré-solo, em que se exige 20 horas/vôo para que o primeiro vôo seja realizado sozinho, a fase de aperfeiçoamento, em que o estudante aprende manobras, e a fase de navegação, na qual o

    Após a aprovação em uma banca oficial, o aluno adquire a licença de piloto privado e já pode começar o curso para trabalhar com linhas aéreas. Estudos mais aprofundados e cerca de 150 horas/vôo estão no currículo desses profissionais.

    O entorno

    A localização do Aeroclube é privilegiada e permite que os vistantes contemplem a natureza e se deliciem com as decolagens frequentes. A criançada pode brincar na área tranqüila, sem trânsito e tumulto. Como o Aeroclube fica em um platô, é possível também curtir um visual estonteante.

    Foto de avião no aeroclube Foto de avião no aeroclube Foto de avião no aeroclube


     

     

    Como chegar
    Avenida Guadalajara s/n - Aeroporto
    Juiz de Fora - MG - CEP: 36033-560
    Telefone: (32) 3233-1003

     

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.