Viagem de navio oferece infraestrutura de lazer e serviços A jornalista Flávia Sidônia passou o Carnaval em navio que partiu do Rio de Janeiro e passou por Ilhéus, Salvador e Ilha Grande


Daniele Gruppi
Repórter
04/03/2009

Os cruzeiros universitários são a opção de muitos jovens que querem se divertir com infraestrutura de serviço e lazer. Este é o caso da jornalista Flávia Sidônia, 25 anos. Ela escolheu passar o Carnaval a bordo.

No total, foram oito dias de viagem. Ela saiu do Rio de Janeiro rumo à Bahia. Foram dois dias até chegar a Ilhéus, onde pôde conhecer o centro histórico da cidade e a Praia dos Milionários.

Depois, foi para Salvador. Além de conhecer o Mercado Modelo e o Pelourinho, dentre outros pontos turísticos, a jornalista caiu na folia, no último dia de Carnaval. Pulou das 16h30 às 8h30 ao som de Jammil e Chiclete com Banana.

No roteiro, estava ainda a visita à Ilha Grande. De Salvador até a ilha foram mais dois dias de viagem. "Lá, passeamos de lancha, conhecemos a praia de Lopes Mendes. A água era transparente, enxergávamos com nitidez o fundo do mar."

Nos dias de viagem, não faltou diversão no navio. Durante o dia, ela frequentou a piscina, que era de água salgada, e ao entardecer curtiu os bares. ”Havia vários pubs e escolhíamos o local em que tocava o estilo musical que queríamos ouvir." Flávia também curtiu a festa à fantasia promovida pelo navio. Apesar de a jornalista não ter caído na jogatina, para quem gosta de se arriscar tinha ainda o cassino, como mais uma alternativa de entretenimento.

Foto festa a fantasia Foto de Maíra nas ruelas de Portugal

Segundo Flávia, a vantagem de se fazer um passeio de navio é o preço. "Fica muito mais barato do que se fosse de carro ou de avião. A hospedagem e a alimentação são incluídas. Os restaurantes são muito bons. Se fosse frequentar restaurantes do nível do navio ficaria muito caro, não teria condições."

Para ela, a desvantagem é ter que se submeter à programação da embarcação, que já tem todos os horários de passeios, festas e refeições definidos. A pesar disso, a jornalista afirma que indicaria a viagem. "É um passeio seguro e o atendimento é bom. Aliás, no próximo ano quero repetir."

Foto no shopping Vasco da Gama Foto em Portugal
Dicas

Para quem está programando uma viagem como a de Flávia, ela aconselha levar remédios para evitar enjoo. "Não me senti mal, mas teve gente que se sentiu, devido ao balanço do navio. Às vezes, quando chegamos em terra, parecia que ainda estávamos balançando."

Outra dica é ficar atento à programação das atividades dentro do navio para poder aproveitar bem a viagem, e ainda levar roupas diversificadas para várias ocasiões. "No navio, fui a festas a fantasia e tipo réveillon, em que todos usavam branco. É bom estar preparado para essas situações."

Foto em Portugal Foto da entrada do local onde vende Pastel de Belém

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.