• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Nossa Língua Portuguesa... Nossa língua é linda, mas as dúvidas são muitas, quando se fala o Português. Mais um motivo para estudar em dobro para o vestibular...

    Djenane Pimentel
    Repórter
    10/12/2004
    A Língua Portuguesa é inegavelmente bela, mas, venhamos e convenhamos... só mesmo os brasileiros (e, consequentemente, aqueles que nos "deram a vida" - os portugueses), para entender esta linguinha difícil. Se Português nunca foi o seu forte, então, este é mais um motivo para enfiar a cara nos estudos e não deixar que ele o vença! Afinal, você precisa saber se comunicar bem, não só para prestar o vestibular mas também em toda a sua vida, social e profissional.

    Oh, dúvida cruel!
    O vestibular está na porta e você ainda não sabe o que estudar direito? A professora de Português e Literatura, Genoveva de Carvalho Schiavon, dá as dicas para os alunos que ainda estão meio perdidos. "Neste momento, o aluno não deve se prender a coisas sem importância e deve tentar estudar apenas pontos da matéria que exigem memorização, como sufixos, prefixos, regências, etc... Ficar estudando feito louco, agora, só vai causar mais stress", destaca.

    A professora deixa algumas dicas da matéria, para quem está correndo contra o tempo, ou mesmo para aqueles que desejam reforçar o conteúdo que já está bem guardado na cuca.

    Preste bastante atenção em:
    • Interpretação de texto: atenção na leitura e no enunciado da pergunta, para saber o que está sendo pedido.
    • Conjunções
    • Pronomes pessoais, demonstrativos e relativos
    • Vocabulário e Linguagem Figurada
    • Estrutura e formação das palavras
    • Preposições
    • Regência

    Genoveva aconselha que, nestes últimos dias, os alunos não deixem de se alimentar direito, com uma comidinha mais leve e saudável; não durmam muito tarde, respeitando as oito horas de sono; e não fiquem bitolados nos estudos. "Agora não é hora de tentar recuperar o tempo perdido", avisa.

    Algumas dificuldades
    Segundo a professora, uma das maiores dificuldades que enfrenta ao ensinar o Português é o "tal" do Pronome Relativo. "Normalmente, é a parte da matéria que os alunos possuem mais dificuldade, porque são questões que exigem conhecimento abrangente de análise sintática. Percebo que eles têm muito mais intuição gramatical, na verdade, do que conhecimento sólido para resolver as questões", diz.

    Uso do Gerúndio
    Usar o gerúndio em certas frases, informa Genoveva, não está errado. O problema está na má colocação da forma nominal do verbo. "O gerúndio só deveria ser usado em alguns contextos, quando houver uma ação em processo", afirma. Como, por exemplo, na frase: "Não telefone nessa hora, porque eu vou estar almoçando".

    Em frases como "vou estar fazendo, vou estar entrando", o gerúndio caracteriza-se como um vício da linguagem coloquial brasileira, e, se analisado conforme a norma culta da língua, está errado.

    Portanto, se depois de ler esta matéria, você percebeu que ainda falta uma parte da matéria para colocar em dia, antes do vestibular, não se desespere. Siga os conselhos da professora Genoveva, estude somente o necessário nestes dias, e BOA SORTE!


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.