• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde

    Pilates para o coração Pilates de solo conjugado à atividade aérobica é a nova
    tendência do mundo fit

    Renata Cristina
    Réporter
    19/09/2006

    Saiba quem foi o criador do método Pilates. Clique no ícone ao lado e leia a história do alemão Joseph Hubertus Pilates!!!

    Leia!


    Mulher fazendo pilates Quem já passou por uma aula de pilates sabe que os exercícos proporcionam fortalecimento muscular, além de uma melhora na postura e o desenvolvimento de uma consciência corporal. Porém, este método desenvolvido pelo alemão Joseph Pilates, não prioriza os exercícos aeróbicos. Se esse era o único defeito encontrado por quem pratica a atividade, agora não é mais! Aliando o condicionamento físico (pilates) ao cardiovascular (aeróbica) é que surge uma nova modalidade no universo da vida saudável.

    Ainda não há nome para definir a atividade física, mas o que se percebe é que os resultados são positivos. A seqüência de pilates de solo, baseada em exercícios para a musculatura abdominal, tronco e pernas, é associada a ações aeróbicas, como a caminhada em esteira, por exemplo. O diferencial é que tudo isso está reunido em um único método, ao contrário do que é feito nas academias convencionalmente.

    Reabilitação através do Pilates Reabilitação através do Pilates Reabilitação através do Pilates

    Assim como no pilates, o acompanhamento é feito por um profissional qualificado, com formação em Educação Física ou Fisioterapia. As aulas são individualizadas e comportam no máximo três alunos por turno, com a duração de uma hora. Cada movimento é monitorado pelo professor, responsável por acompanhar os batimentos cardíacos e a pressão arterial de quem se exercita.

    "As pessoas estão procurando cada vez mais atividades personalizadas", diz a professora Jakeline Trevisani (foto acima). Segundo ela, está sendo criada uma consciência em torno das atividades físicas, favorecendo os métodos de aulas assistidas por profissionais, como é feito no caso dos personal trainners.

    Benefícios
    Mulher idosa fazendo pilates A professora Fabíola de Melo Medeiros (foto ao lado) explica que o objetivo da atividade é melhorar as condições físicas e cardiovasculares de quem as pratica. Traduzindo: se exercitar para "ficar de bem" com o corpo e o coração.

    As aulas são indicadas para todas as idades e trazem resultados já nas primeiras semanas. "As pessoas sentem menos cansaço corporal e logo melhoram a postura", revela Fabíola. Outros ganhos são vistos pelos alunos, como o aumento do fôlego e da força muscular em situações diárias, como ao subir uma escada e carregar sacolas, por exemplo. "Tudo depende do objetivo de cada um", salienta a professora.

    A aposentada Raquel Caldas (foto acima) já aprovou a nova técnica. Há dez anos, ela pratica hidroginástica e explica que o acompanhamento individualizado direciona suas metas. "É muito diferente das outras atividades físicas, estou adorando", comemora.

    Reabilitação através do Pilates Reabilitação através do Pilates Reabilitação através do Pilates

    Fabíola ressalta que, no caso de idosos, os exercícios visam a coordenação motora e o ganho de massa muscular, além de alívio de dores musculares, maior percepção dos movimentos, maior equilíbrio, aumento da flexibilidade e o alívio do estresse. "A partir dos 30 anos, o corpo humano sente essa perda de massa muscular, por isso o enfoque", justifica.

    Os exercícios podem auxiliar pessoas que se recuperam de cirurgias ou com lesões. "O foco é o trabalho de resistências e o pilates complementa a fisioterapia", explica a fisioterapeuta, Juliane Favero.

    No caso de gestantes, os exercícios também são recomendados após o terceiro mês de gestação. Há ganho na circulação, é evitada a retenção de líquido, geralmente ocasionada pela alteração hormonal e, ainda, fortalecida a musculatura abdominal e treinada a respiração para a hora do parto.


    A História de Pilates
    "Joseph Hubertus Pilates, nasceu em 1880, em Dusseldorf, na Alemanha. Desde a infância, devido a problemas de saúde física, dedicou-se ao condicionamento físico. Praticou vários tipos de atividades físicas, dentre elas, ginástica olímpica, esqui e boxe. Aos 14 anos, Joseph Pilates tinha uma musculatura tão definida que podia posar para mapas de anatomia.

    Durante a I Guerra Mundial, tornou-se prisioneiro e foi mandado para a Ilha de Man e no período em que ficou no campo de concentração, auxiliou na reabilitação dos doentes utilizando-se daquilo que mais sabia fazer: exercícios físicos e respiratórios. Em 1926 imigrou-se para os Estados Unidos e estabeleceu-se em Nova York, local em que abriu seu studio.

    PILATES criou vários equipamentos para a prática de exercícios físicos, por exemplo, o Universal Reformer. No entanto, destacou-se muito pelo seu trabalho de exercícios no solo (mais de 500 variações). Seus ensinamentos foram repassados para alguns instrutores como um método de condicionamento físico denominado Arte do Controle ou Contrologia. No entanto, legalmente, não foi dado aos seus discípulos o monopólio do método.

    Extraído: Associação Barsileira de Pilates
    (MENDONÇA, T. M. S; PERINI, S; OLENKA, K. L.)

    Leia mais:

  • Ginástica e reabilitação reunidos no Pilates

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.