• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Cozinhas americanas garantem praticidade e servem como extensão da salaNo caso de apartamentos com cozinha e sala pequenas, a adoção da cozinha americana é uma boa alternativa para ampliação do espaço

    Aline Furtado
    Repórter
    19/10/2011
    Cozinha americana

    Embora chamada de cozinha americana, o ambiente já caiu no gosto dos brasileiros há algum tempo. O espaço, que une a sala de estar ou de jantar à cozinha, costuma ser desenvolvido por dois motivos. Um deles seria a praticidade aliada ao conforto. Já o outro, devido à intenção de fazer do ambiente a extensão da sala.

    "Para pessoas que contam com uma cozinha pequena, não tendo o hábito de utilizá-la como área de serviços, ou seja, que costumam comer fora de casa, a cozinha americana pode ser a saída prática e confortável para o dia a dia. Isso aplica-se no caso de famílias pequenas", define a arquiteta Aline Andrade.

    Nesse caso, a escolha não está diretamente relacionada ao hábito de receber visitas, o que seria outra motivação para concepção da cozinha americana. No caso de apartamentos com cozinha e sala pequenos, a adoção da cozinha americana é uma boa alternativa para ampliação do espaço. "É possível associar a cozinha à copa, ligando à sala de jantar."

    A arquiteta destaca que o projeto deve ser desenvolvido de forma a considerar a necessidade de cada cliente. "O tipo de uso pode ser variável. Em espaços que abrigam famílias maiores, por exemplo, com empregadas que cozinham muito, ou seja, onde a cozinha é tradicionalmente um espaço de serviços, esta funcionalidade precisa ser respeitada, com a continuidade do espaço para uso social." Aline afirma que a cozinha americana permite a abertura de espaço para ventilação, gerando conforto térmico, além de facilitar a iluminação.

    Cozinha americana Cozinha americana
    Flexibilidade de uso

    Para quem optar por ter em casa uma cozinha americana, mas não pretende expor, a todo momento, o mobiliário e os utensílios, uma dica da arquiteta é o uso de painéis de correr, que permitem a separação dos ambientes por meio de portas ou janelas deslizáveis. "Esses painéis podem ser usados, inclusive, sobre bancadas, sendo ideais para ambientes pequenos."

    Ambientes maiores

    Para quem dispõe de muito espaço e pretende construir ambientes centrais, como mesa ou fogão-ilha, a dica é investir em acabamentos mais caros, conferindo sofisticação à área. "Nesses casos, têm-se a sala de estar funcionando de maneira aliada à cozinha, que acaba sendo transformada em um espaço gourmet." A sofisticação é determinada, segundo Aline, pelo desenho do mobiliário.

    "Contudo, é de grande importância que o conforto e a possibilidade de permanência sejam considerados durante o desenvolvimento do projeto, sendo permitido, por exemplo, levar até livros para a cozinha." Com relação aos materiais usados, a arquiteta afirma que até mesmo a madeira, que era usada exclusivamente em ambientes secos, é indicada para as cozinhas americanas.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.