• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Bambu mossô confere ar exótico a ambientes Pelo valor ornamental, planta pode ser considerada uma tendência tanto no jardim externo como no interior 

    Aline Furtado
    Repórter
    26/8/2009

    Já pensou em cultivar bambu dentro da sala ou na varanda da sua casa ou apartamento? Parece impossível, mas não é. Entre as espécies de bambu que podem ser encontradas por aí, uma, em especial, pode ser cultivada como outras plantas, em vasos ou jardins. Trata-se do bambu mossô, que não forma touceiras, tem aspecto escultural e pode auxiliar na criação de um visual exótico.

    A arquiteta paisagista Angelica Ignácio explica que a forma do bambu mossô não é natural, mas obtida através de uma técnica especial. "O formato tortuoso e curvilíneo do caule é conseguido por meio da intervenção humana. Quando a planta está se desenvolvendo, retira-se uma camada do caule, deixando a mesma bastante maleável. É possível deixar o bambu mossô na posição desejada. Depois disso, ele é amarrado e deve-se deixá-lo amadurecer." A técnica deve ser feita por especialistas.

    A planta, pelo grande valor ornamental, pode ser considerada sempre uma tendência, tanto no jardim externo como no interior. Segundo Angelica, no passado o bambu mossô era muito procurado, mas hoje é utilizado com mais moderação e racionalidade, principalmente no interior. "Isso porque o bambu mossô precisa de vários cuidados. É indicado para jardins de coberturas, pois tolera ventos, além de ser resistente ao inverno."

    Por se tratar de uma planta de estilo exótico, é recomendado também para jardins orientais, onde é possível combiná-lo com pedriscos e lanternas japonesas. Além disso, é sugerido para jardins de inverno. "É uma planta que basta por si, absorve o olhar, não sendo necessários muitos itens decorativos no ambiente."

    Para a técnica paisagista Cláudia Tabet Zanini, o ideal é que o bambu seja plantado em local onde possa receber o sol da manhã. Segundo ela, a grande dificuldade de plantio ocorre devido à brotação. "Como a planta se reproduz lançando brotos a partir de um caule subterrâneo, é importante que o proprietário esteja atento a retirar os brotos para que não sejam causados danos no piso ou no vaso onde foi plantado o bambu."

    Bambu mossô bambu

    O bambu mossô, que tem, em média, 20 anos de vida útil, apresenta floração insignificante, que ocorre a cada 67 anos. "A cada floração a tendência é que a planta morra devido ao gasto de energia", explica Angelica.

    Originária da China, a planta pode ser cultivada em qualquer região do Brasil justamente por se adaptar facilmente a qualquer tipo de clima. O bambu mossô, sem a intervenção humana, pode atingir doze metros de altura. Os preços da planta podem variar de entre R$ 90* e R$ 160*.

    bambu bambu

    Uma dica dada por Angelica é que, ao comprar o bambu mossô, o interessado procure saber se a planta é descansada. "Em alguns locais usa-se o termo sangrada e curada, que significa que o bambu mossô passou pelo processo de adapatacão depois de ser retirado do seu local original."  Este processo interfere diretamente na qualidade de vida da planta. Uma curiosidade é que os brotos do bambu mossô servem de alimento na cozinha oriental.

     Box

    *Preços fornecidos em agosto de 2009

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.