Objetos religiosos podem tornar ambientes mais harmônicosAs peças a serem usadas variam conforme as doutrinas religiosas, podendo ser oratórios, quadros, imagens de santo, adornos, altares etc.

Aline Furtado
Repórter
30/12/2011
Ambiente

Embora algumas pessoas possam não gostar da ideia de ter santos, quadros e outros artigos religiosos como objetos de decoração, por imaginarem que o ambiente ficará com aspecto de casas antigas, as peças podem garantir mais harmonia aos cômodos, humanizando-os.

“Artigos religiosos se integram muito bem à decoração, independentemente da crença. Eles trazem personalidade, beleza, sensação de paz, originalidade e bons fluidos para o lar”, afirma a designer de interiores, Ana Karina Chaves.

Entretanto, demonstrar fé na decoração pode ser um desafio, afinal, a intenção não é transformar a casa em uma igreja em miniatura. É importante saber dosar o que será usado, considerando os móveis e objetos que já compõem o ambiente, a fim de não correr risco de "pesar" com muitas cores e materiais. "Um toque de espiritualidade cai muito bem, mas é preciso prestar atenção, afinal, a intenção não é carregar o ambiente, misturando muitos estilos."

A dica, então, é definir uma linha a ser seguida, evitando, assim, os excessos. As peças a serem usadas variam conforme as doutrinas religiosas, podendo ser oratórios, quadros, imagens de santo, adornos, altares etc. Já o local onde os artigos serão posicionados podem ser mesas, paredes, prateleiras, nichos, aparadores, entre outros. "Esse tipo de artigo cai bem em composições com castiçais, porta retratos, vasos de flores e livros de capa dura. Todas essas ideias podem ser colocadas em prática, porém, o bem senso deve prevalecer para que não haja poluição visual”, ressalta Ana Karina.

AmbientePara a profissional, objetos religiosos usados em decoração são formas interessantes de conferir vida ao ambiente, além de personalidade. "A espiritualidade reflete o carinho e a atenção do morador para com seu espaço cotidiano.

Fé, criatividade e bom gosto são elementos que resultam em uma ótima decoração." Entre as áreas que podem ser decoradas dessa forma estão salas, quartos, corredores e até mesmo jardins e varandas.

No mercado, é possível encontrar opções de objetos religiosos decorativos em materiais diversos, como gesso, papel, palha, veludo, entre outros. Além disso, há peças sacras, estilizadas e contemporâneas.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

-

Objetos religiosos podem tornar ambientes mais harmônicosAs peças a serem usadas variam conforme as doutrinas religiosas, podendo ser oratórios, quadros, imagens de santo, adornos, altares etc.

Aline Furtado
Repórter
30/12/2011
Ambiente

Embora algumas pessoas possam não gostar da ideia de ter santos, quadros e outros artigos religiosos como objetos de decoração, por imaginarem que o ambiente ficará com aspecto de casas antigas, as peças podem garantir mais harmonia aos cômodos, humanizando-os.

“Artigos religiosos se integram muito bem à decoração, independentemente da crença. Eles trazem personalidade, beleza, sensação de paz, originalidade e bons fluidos para o lar”, afirma a designer de interiores, Ana Karina Chaves.

Entretanto, demonstrar fé na decoração pode ser um desafio, afinal, a intenção não é transformar a casa em uma igreja em miniatura. É importante saber dosar o que será usado, considerando os móveis e objetos que já compõem o ambiente, a fim de não correr risco de "pesar" com muitas cores e materiais. "Um toque de espiritualidade cai muito bem, mas é preciso prestar atenção, afinal, a intenção não é carregar o ambiente, misturando muitos estilos."

A dica, então, é definir uma linha a ser seguida, evitando, assim, os excessos. As peças a serem usadas variam conforme as doutrinas religiosas, podendo ser oratórios, quadros, imagens de santo, adornos, altares etc. Já o local onde os artigos serão posicionados podem ser mesas, paredes, prateleiras, nichos, aparadores, entre outros. "Esse tipo de artigo cai bem em composições com castiçais, porta retratos, vasos de flores e livros de capa dura. Todas essas ideias podem ser colocadas em prática, porém, o bem senso deve prevalecer para que não haja poluição visual”, ressalta Ana Karina.

AmbientePara a profissional, objetos religiosos usados em decoração são formas interessantes de conferir vida ao ambiente, além de personalidade. "A espiritualidade reflete o carinho e a atenção do morador para com seu espaço cotidiano.

Fé, criatividade e bom gosto são elementos que resultam em uma ótima decoração." Entre as áreas que podem ser decoradas dessa forma estão salas, quartos, corredores e até mesmo jardins e varandas.

No mercado, é possível encontrar opções de objetos religiosos decorativos em materiais diversos, como gesso, papel, palha, veludo, entre outros. Além disso, há peças sacras, estilizadas e contemporâneas.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Objetos religiosos podem tornar ambientes mais harmônicosAs peças a serem usadas variam conforme as doutrinas religiosas, podendo ser oratórios, quadros, imagens de santo, adornos, altares etc.

Aline Furtado
Repórter
30/12/2011
Ambiente

Embora algumas pessoas possam não gostar da ideia de ter santos, quadros e outros artigos religiosos como objetos de decoração, por imaginarem que o ambiente ficará com aspecto de casas antigas, as peças podem garantir mais harmonia aos cômodos, humanizando-os.

“Artigos religiosos se integram muito bem à decoração, independentemente da crença. Eles trazem personalidade, beleza, sensação de paz, originalidade e bons fluidos para o lar”, afirma a designer de interiores, Ana Karina Chaves.

Entretanto, demonstrar fé na decoração pode ser um desafio, afinal, a intenção não é transformar a casa em uma igreja em miniatura. É importante saber dosar o que será usado, considerando os móveis e objetos que já compõem o ambiente, a fim de não correr risco de "pesar" com muitas cores e materiais. "Um toque de espiritualidade cai muito bem, mas é preciso prestar atenção, afinal, a intenção não é carregar o ambiente, misturando muitos estilos."

A dica, então, é definir uma linha a ser seguida, evitando, assim, os excessos. As peças a serem usadas variam conforme as doutrinas religiosas, podendo ser oratórios, quadros, imagens de santo, adornos, altares etc. Já o local onde os artigos serão posicionados podem ser mesas, paredes, prateleiras, nichos, aparadores, entre outros. "Esse tipo de artigo cai bem em composições com castiçais, porta retratos, vasos de flores e livros de capa dura. Todas essas ideias podem ser colocadas em prática, porém, o bem senso deve prevalecer para que não haja poluição visual”, ressalta Ana Karina.

AmbientePara a profissional, objetos religiosos usados em decoração são formas interessantes de conferir vida ao ambiente, além de personalidade. "A espiritualidade reflete o carinho e a atenção do morador para com seu espaço cotidiano.

Fé, criatividade e bom gosto são elementos que resultam em uma ótima decoração." Entre as áreas que podem ser decoradas dessa forma estão salas, quartos, corredores e até mesmo jardins e varandas.

No mercado, é possível encontrar opções de objetos religiosos decorativos em materiais diversos, como gesso, papel, palha, veludo, entre outros. Além disso, há peças sacras, estilizadas e contemporâneas.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken