Segunda, 19 de março de 2007, atualizada às 13h02

Auditores fiscais iniciam a sétima greve temporária

Nesta segunda-feira, 19 de março, os auditores fiscais começam a sétima série de paralisações das atividades. Desde novembro, a categoria, acompanhada pelo posto e delegacia fiscal de Juiz de Fora está em busca de melhores condições salariais.

A paralisação está prevista para acontecer até quinta, dia 22 de março e deve envolver cerca de 580 auditores fiscais de todo o estado. Só em Juiz de Fora são aproximadamente 88 profissionais que deixam de trabalhar nos próximos quatro dias.

Na próxima terça-feira, dia 20, além dos Postos Fiscais, param também as Delegacias Fiscais da Receita. Na delegacia de Juiz de Fora, 100% dos 30 auditores aderiram ao movimento.

Segundo ressaltou o diretor de relações intersindicais do posto de JF, Samir Hobaica, a paralisação é importante e deve ser analisada com atenção pelo governo, já que pode acarretar diversos prejuízos para o Estado.

Segundo dados do Sindicato Estadual, cada dia de paralisação pode resultar em uma perda de R$ 3 milhões ao dia para Minas. Não há precisão de dados dos prejuízos com a paralisação em Juiz de Fora.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.