Notícias

Carro com mais de 100 multas é removido no Centro de Juiz de Fora

Siga o Acessa.com no Google News
Quarta-feira, 18 de julho de 2018, atualizada às 8h

Carro com mais de 100 multas é removido no Centro de Juiz de Fora

Da redação

Durante operação da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) nessa terça-feira, 17 de julho, no Centro de Juiz de Fora, 18 carros foram autuados, por estarem estacionados em local irregular. Além disso, um veículo foi removido pelos agentes de trânsito por acumular quase R$ 15 mil em multas.

Segundo a assessoria da pasta, "das 18 faltas registradas na Rua Batista de Oliveira, 11 foram por estacionamento irregular no rotativo pago e sete em vagas destinadas à carga e descarga. Já no patrulhamento de rotina de terça-feira, os agentes observaram o veículo estacionado irregularmente em vaga para carga e descarga, na Rua Jarbas de Lery Santos. Após a consulta na Central, foram constatadas outras irregularidades: 110 multas, totalizando R$ 14.800 a pagar e nove autuações emitidas. Além do não pagamento, desde 2012, do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Dpvat) e o licenciamento. O veículo, modelo GM/Cobalt, foi levado para o pátio credenciado".

Além das autuações na operação pela manhã, a fiscalização de rotina dos agentes fez três autuações na parte da tarde, na parte central da cidade. Todas por estacionamento irregular.

Denúncias, elogios ou sugestões relacionados ao serviço de transporte coletivo ou escolar podem ser feitas pelo telefone (32) 3690-8218 ou email settraatende@pjf.mg.gov.br.


Quarta-feira, 18 de julho de 2018, atualizada às 8h

Carro com mais de 100 multas é removido no Centro de Juiz de Fora

Da redação

Durante operação da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) nessa terça-feira, 17 de julho, no Centro de Juiz de Fora, 18 carros foram autuados, por estarem estacionados em local irregular. Além disso, um veículo foi removido pelos agentes de trânsito por acumular quase R$ 15 mil em multas.

Segundo a assessoria da pasta, "das 18 faltas registradas na Rua Batista de Oliveira, 11 foram por estacionamento irregular no rotativo pago e sete em vagas destinadas à carga e descarga. Já no patrulhamento de rotina de terça-feira, os agentes observaram o veículo estacionado irregularmente em vaga para carga e descarga, na Rua Jarbas de Lery Santos. Após a consulta na Central, foram constatadas outras irregularidades: 110 multas, totalizando R$ 14.800 a pagar e nove autuações emitidas. Além do não pagamento, desde 2012, do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Dpvat) e o licenciamento. O veículo, modelo GM/Cobalt, foi levado para o pátio credenciado".

Além das autuações na operação pela manhã, a fiscalização de rotina dos agentes fez três autuações na parte da tarde, na parte central da cidade. Todas por estacionamento irregular.

Denúncias, elogios ou sugestões relacionados ao serviço de transporte coletivo ou escolar podem ser feitas pelo telefone (32) 3690-8218 ou email settraatende@pjf.mg.gov.br.


-
Quarta-feira, 18 de julho de 2018, atualizada às 8h

Carro com mais de 100 multas é removido no Centro de Juiz de Fora

Da redação

Durante operação da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) nessa terça-feira, 17 de julho, no Centro de Juiz de Fora, 18 carros foram autuados, por estarem estacionados em local irregular. Além disso, um veículo foi removido pelos agentes de trânsito por acumular quase R$ 15 mil em multas.

Segundo a assessoria da pasta, "das 18 faltas registradas na Rua Batista de Oliveira, 11 foram por estacionamento irregular no rotativo pago e sete em vagas destinadas à carga e descarga. Já no patrulhamento de rotina de terça-feira, os agentes observaram o veículo estacionado irregularmente em vaga para carga e descarga, na Rua Jarbas de Lery Santos. Após a consulta na Central, foram constatadas outras irregularidades: 110 multas, totalizando R$ 14.800 a pagar e nove autuações emitidas. Além do não pagamento, desde 2012, do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Dpvat) e o licenciamento. O veículo, modelo GM/Cobalt, foi levado para o pátio credenciado".

Além das autuações na operação pela manhã, a fiscalização de rotina dos agentes fez três autuações na parte da tarde, na parte central da cidade. Todas por estacionamento irregular.

Denúncias, elogios ou sugestões relacionados ao serviço de transporte coletivo ou escolar podem ser feitas pelo telefone (32) 3690-8218 ou email settraatende@pjf.mg.gov.br.


JF ganha viatura destinada ao atendimento de ocorrências de tr?nsito - Juiz de Fora/MG
Notícias

JF ganha viatura destinada ao atendimento de ocorrências de tr?nsito

Siga o Acessa.com no Google News

Juiz de Fora ganha viatura destinada ao atendimento de ocorrências de trânsito

Com o objetivo de desafogar o tráfego e dar agilidade ao atendimento de acidentes, PM e Settra lançaram o Sistema Integrado de Atendimento ao Trânsito (Siat)

Nathália Carvalho
Repórter
5/9/2012
Sistema Integrado de Transito

A Polícia Militar (PM), em pareceria com a Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), lançou, na manhã desta quarta-feira, 5 de agosto, o Sistema Integrado de Atendimento ao Trânsito (Siat), uma viatura especialmente destinada à prestação deste serviço na cidade. A solenidade ocorreu no Pelotão de Trânsito, localizado no bairro Granbery, e contou com a presença de representantes da PM, Settra, Astransp e do Conselho Municipal de Segurança no Trânsito (Comset).

O objetivo do Siat é atender as ocorrências registradas com maior rapidez, oferecendo agilidade ao trânsito e aos próprios atendimentos. Segundo comandante da 4ª Região da Polícia Militar, coronel Ronaldo Nazareth, o veículo terá competência para realizar a formalização do Boletim de Ocorrência (BO) de acidentes sem vítimas no próprio local do ocorrido. "A ideia é otimizar o atendimento, oferecendo conforto e comodidade aos motoristas, por meio de uma viatura equipada com os materiais necessários para o registro do acidente", explica.

Dentro do Siat, haverá um notebook com acesso à internet, um agente de trânsito e um policial militar, além da figura do mediador, profissional que irá buscar formalizar acordo entre as partes, solucionando eventuais conflitos. "Estamos buscando junto às universidades a pessoa que ainda irá compor a equipe como intermediário. Acredito que será um profissional ligado ao Direito ou à Psicologia, pela experiência em lidar com esses tipos de situações de conflitos pessoais", pontua Nazareth.

De acordo com as informações repassadas pela PM, o carro do Sistema Integrado será apoiado caso a demanda necessite de reforço e caberá aos servidores do Siat acionar as viaturas da Patrulha de Trânsito (Patran) se for verificado que o fato registrado se trata de acidente com vítima fatal ou relativo a crimes de trânsito, por exemplo.

Ocorrências em JF

Sistema Integrado de TransitoNo primeiro semestre deste ano, das 4.045 ocorrências de trânsito registradas, 2.710 foram sem vítimas, o que representa 60% das ocorrências de registro posterior. Para o secretário de Transporte e Trânsito, Márcio Gomes Bastos, os acidentes que acontecem na cidade retêm o trânsito durante um longo período de tempo, o que acaba causando engarrafamento, principalmente na região central. "Esta é a primeira viatura que estamos inaugurando, que atuará pela cidade, mas com foco no Centro. À medida que o projeto for sendo avaliado, veremos a possibilidade de expansão", explica.

Segundo Nazareth, outras duas viaturas deverão ser obtidas em breve e destinadas ao serviço. A ampliação do projeto deverá atender os bairros da Zona Sul, incluindo a Cidade Alta, e a Zona Norte. O presidente da Astransp, Fernando Goretti, ressaltou, na ocasião, que o novo sistema irá auxiliar na fluidez do trânsito da cidade de uma forma geral e que "o objetivo agora é buscar parcerias para que o projeto seja concluído integralmente".

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Juiz de Fora ganha viatura destinada ao atendimento de ocorrências de trânsito

Com o objetivo de desafogar o tráfego e dar agilidade ao atendimento de acidentes, PM e Settra lançaram o Sistema Integrado de Atendimento ao Trânsito (Siat)

Nathália Carvalho
Repórter
5/9/2012
Sistema Integrado de Transito

A Polícia Militar (PM), em pareceria com a Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), lançou, na manhã desta quarta-feira, 5 de agosto, o Sistema Integrado de Atendimento ao Trânsito (Siat), uma viatura especialmente destinada à prestação deste serviço na cidade. A solenidade ocorreu no Pelotão de Trânsito, localizado no bairro Granbery, e contou com a presença de representantes da PM, Settra, Astransp e do Conselho Municipal de Segurança no Trânsito (Comset).

O objetivo do Siat é atender as ocorrências registradas com maior rapidez, oferecendo agilidade ao trânsito e aos próprios atendimentos. Segundo comandante da 4ª Região da Polícia Militar, coronel Ronaldo Nazareth, o veículo terá competência para realizar a formalização do Boletim de Ocorrência (BO) de acidentes sem vítimas no próprio local do ocorrido. "A ideia é otimizar o atendimento, oferecendo conforto e comodidade aos motoristas, por meio de uma viatura equipada com os materiais necessários para o registro do acidente", explica.

Dentro do Siat, haverá um notebook com acesso à internet, um agente de trânsito e um policial militar, além da figura do mediador, profissional que irá buscar formalizar acordo entre as partes, solucionando eventuais conflitos. "Estamos buscando junto às universidades a pessoa que ainda irá compor a equipe como intermediário. Acredito que será um profissional ligado ao Direito ou à Psicologia, pela experiência em lidar com esses tipos de situações de conflitos pessoais", pontua Nazareth.

De acordo com as informações repassadas pela PM, o carro do Sistema Integrado será apoiado caso a demanda necessite de reforço e caberá aos servidores do Siat acionar as viaturas da Patrulha de Trânsito (Patran) se for verificado que o fato registrado se trata de acidente com vítima fatal ou relativo a crimes de trânsito, por exemplo.

Ocorrências em JF

Sistema Integrado de TransitoNo primeiro semestre deste ano, das 4.045 ocorrências de trânsito registradas, 2.710 foram sem vítimas, o que representa 60% das ocorrências de registro posterior. Para o secretário de Transporte e Trânsito, Márcio Gomes Bastos, os acidentes que acontecem na cidade retêm o trânsito durante um longo período de tempo, o que acaba causando engarrafamento, principalmente na região central. "Esta é a primeira viatura que estamos inaugurando, que atuará pela cidade, mas com foco no Centro. À medida que o projeto for sendo avaliado, veremos a possibilidade de expansão", explica.

Segundo Nazareth, outras duas viaturas deverão ser obtidas em breve e destinadas ao serviço. A ampliação do projeto deverá atender os bairros da Zona Sul, incluindo a Cidade Alta, e a Zona Norte. O presidente da Astransp, Fernando Goretti, ressaltou, na ocasião, que o novo sistema irá auxiliar na fluidez do trânsito da cidade de uma forma geral e que "o objetivo agora é buscar parcerias para que o projeto seja concluído integralmente".

Os textos são revisados por Mariana Benicá

-

Juiz de Fora ganha viatura destinada ao atendimento de ocorrências de trânsito

Com o objetivo de desafogar o tráfego e dar agilidade ao atendimento de acidentes, PM e Settra lançaram o Sistema Integrado de Atendimento ao Trânsito (Siat)

Nathália Carvalho
Repórter
5/9/2012
Sistema Integrado de Transito

A Polícia Militar (PM), em pareceria com a Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), lançou, na manhã desta quarta-feira, 5 de agosto, o Sistema Integrado de Atendimento ao Trânsito (Siat), uma viatura especialmente destinada à prestação deste serviço na cidade. A solenidade ocorreu no Pelotão de Trânsito, localizado no bairro Granbery, e contou com a presença de representantes da PM, Settra, Astransp e do Conselho Municipal de Segurança no Trânsito (Comset).

O objetivo do Siat é atender as ocorrências registradas com maior rapidez, oferecendo agilidade ao trânsito e aos próprios atendimentos. Segundo comandante da 4ª Região da Polícia Militar, coronel Ronaldo Nazareth, o veículo terá competência para realizar a formalização do Boletim de Ocorrência (BO) de acidentes sem vítimas no próprio local do ocorrido. "A ideia é otimizar o atendimento, oferecendo conforto e comodidade aos motoristas, por meio de uma viatura equipada com os materiais necessários para o registro do acidente", explica.

Dentro do Siat, haverá um notebook com acesso à internet, um agente de trânsito e um policial militar, além da figura do mediador, profissional que irá buscar formalizar acordo entre as partes, solucionando eventuais conflitos. "Estamos buscando junto às universidades a pessoa que ainda irá compor a equipe como intermediário. Acredito que será um profissional ligado ao Direito ou à Psicologia, pela experiência em lidar com esses tipos de situações de conflitos pessoais", pontua Nazareth.

De acordo com as informações repassadas pela PM, o carro do Sistema Integrado será apoiado caso a demanda necessite de reforço e caberá aos servidores do Siat acionar as viaturas da Patrulha de Trânsito (Patran) se for verificado que o fato registrado se trata de acidente com vítima fatal ou relativo a crimes de trânsito, por exemplo.

Ocorrências em JF

Sistema Integrado de TransitoNo primeiro semestre deste ano, das 4.045 ocorrências de trânsito registradas, 2.710 foram sem vítimas, o que representa 60% das ocorrências de registro posterior. Para o secretário de Transporte e Trânsito, Márcio Gomes Bastos, os acidentes que acontecem na cidade retêm o trânsito durante um longo período de tempo, o que acaba causando engarrafamento, principalmente na região central. "Esta é a primeira viatura que estamos inaugurando, que atuará pela cidade, mas com foco no Centro. À medida que o projeto for sendo avaliado, veremos a possibilidade de expansão", explica.

Segundo Nazareth, outras duas viaturas deverão ser obtidas em breve e destinadas ao serviço. A ampliação do projeto deverá atender os bairros da Zona Sul, incluindo a Cidade Alta, e a Zona Norte. O presidente da Astransp, Fernando Goretti, ressaltou, na ocasião, que o novo sistema irá auxiliar na fluidez do trânsito da cidade de uma forma geral e que "o objetivo agora é buscar parcerias para que o projeto seja concluído integralmente".

Os textos são revisados por Mariana Benicá