Segunda-feira, 5 de novembro de 2012, atualizada às 16h20

Jovem de 19 anos é o principal suspeito de matar o irmão com 20 tiros no Parque Guarani

Da Redação
Carro de policia

Um homem de 32 anos foi assassinado dentro de sua própria casa, na manhã do último domingo, 4 de novembro, no bairro Parque Guarani.

De acordo com as informações repassadas pela Polícia Militar (PM), um amigo da vítima teria ido até a sua residência e conseguido visualizar que havia um corpo caído dentro do local. A testemunha chamou um vizinho para ter a certeza de que se tratava do amigo e acionou a polícia.

Ao chegar ao local do crime, os militares encontraram o corpo do homem já sem vida no chão, com muito sangue ao redor. Segundo eles, aparentava que o suspeito ainda teria tentando limpar o local do crime antes de ir embora.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou o óbito. Foram encontradas 20 perfurações no corpo da vítima, ocasionadas por arma de fogo, sendo que quatro delas eram na região do rosto. A mãe do homem chegou até ao local e declarou que, antes de sair para trabalhar, por volta das 7h, estava tudo bem em casa, mas que os dois filhos brigavam constantemente.

Segundo a PM, o irmão mais novo da vítima, de 19 anos, é o principal suspeito do crime e até o momento não foi localizado. A Polícia Civil investigará o caso.

Tiroteio deixa um jovem ferido e atinge casa no Vitorino Braga

Um tiroteio ocorrido na noite do último domingo, 4 de novembro, deixou um jovem de 19 anos ferido no bairro Vitorino Braga. Segundo as informações repassadas pela Polícia Militar (PM), a vítima declarou que estava na companhia dos amigos em uma praça do bairro quando dois homens armados, em uma moto, se aproximaram do grupo e começaram a atirar.

Os jovens fugiram dos disparos, mas um dos jovens foi atingido na região da coxa direita. O rapaz foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde permaneceu internado para cirurgia de retirada do projétil. Após a tentativa de assassinato, a dupla fugiu. Segundo relato das vítimas, os autores dos disparos seriam moradores do bairro Nossa Senhora Aparecida e o motivo do crime estaria relacionado com às brigas entre gangues de bairros rivais.

Durante os levantamentos realizados no local do crime, os policiais ainda descobriram que um dos tiros atingiu a casa de um morador da localidade, e a bala ficou alojada no armário da cozinha. Além disso, foram apreendidos um capacete e um projétil calibre 38. Os suspeitos ainda não foram localizados e a Polícia Civil investigará o caso.

Os textos são revisados por Juliana França

Segunda-feira, 5 de novembro de 2012, atualizada às 16h20

Jovem de 19 anos é o principal suspeito de matar o irmão com 20 tiros no Parque Guarani

Da Redação
Carro de policia

Um homem de 32 anos foi assassinado dentro de sua própria casa, na manhã do último domingo, 4 de novembro, no bairro Parque Guarani.

De acordo com as informações repassadas pela Polícia Militar (PM), um amigo da vítima teria ido até a sua residência e conseguido visualizar que havia um corpo caído dentro do local. A testemunha chamou um vizinho para ter a certeza de que se tratava do amigo e acionou a polícia.

Ao chegar ao local do crime, os militares encontraram o corpo do homem já sem vida no chão, com muito sangue ao redor. Segundo eles, aparentava que o suspeito ainda teria tentando limpar o local do crime antes de ir embora.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou o óbito. Foram encontradas 20 perfurações no corpo da vítima, ocasionadas por arma de fogo, sendo que quatro delas eram na região do rosto. A mãe do homem chegou até ao local e declarou que, antes de sair para trabalhar, por volta das 7h, estava tudo bem em casa, mas que os dois filhos brigavam constantemente.

Segundo a PM, o irmão mais novo da vítima, de 19 anos, é o principal suspeito do crime e até o momento não foi localizado. A Polícia Civil investigará o caso.

Tiroteio deixa um jovem ferido e atinge casa no Vitorino Braga

Um tiroteio ocorrido na noite do último domingo, 4 de novembro, deixou um jovem de 19 anos ferido no bairro Vitorino Braga. Segundo as informações repassadas pela Polícia Militar (PM), a vítima declarou que estava na companhia dos amigos em uma praça do bairro quando dois homens armados, em uma moto, se aproximaram do grupo e começaram a atirar.

Os jovens fugiram dos disparos, mas um dos jovens foi atingido na região da coxa direita. O rapaz foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde permaneceu internado para cirurgia de retirada do projétil. Após a tentativa de assassinato, a dupla fugiu. Segundo relato das vítimas, os autores dos disparos seriam moradores do bairro Nossa Senhora Aparecida e o motivo do crime estaria relacionado com às brigas entre gangues de bairros rivais.

Durante os levantamentos realizados no local do crime, os policiais ainda descobriram que um dos tiros atingiu a casa de um morador da localidade, e a bala ficou alojada no armário da cozinha. Além disso, foram apreendidos um capacete e um projétil calibre 38. Os suspeitos ainda não foram localizados e a Polícia Civil investigará o caso.

Os textos são revisados por Juliana França

-
Segunda-feira, 5 de novembro de 2012, atualizada às 16h20

Jovem de 19 anos é o principal suspeito de matar o irmão com 20 tiros no Parque Guarani

Da Redação
Carro de policia

Um homem de 32 anos foi assassinado dentro de sua própria casa, na manhã do último domingo, 4 de novembro, no bairro Parque Guarani.

De acordo com as informações repassadas pela Polícia Militar (PM), um amigo da vítima teria ido até a sua residência e conseguido visualizar que havia um corpo caído dentro do local. A testemunha chamou um vizinho para ter a certeza de que se tratava do amigo e acionou a polícia.

Ao chegar ao local do crime, os militares encontraram o corpo do homem já sem vida no chão, com muito sangue ao redor. Segundo eles, aparentava que o suspeito ainda teria tentando limpar o local do crime antes de ir embora.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou o óbito. Foram encontradas 20 perfurações no corpo da vítima, ocasionadas por arma de fogo, sendo que quatro delas eram na região do rosto. A mãe do homem chegou até ao local e declarou que, antes de sair para trabalhar, por volta das 7h, estava tudo bem em casa, mas que os dois filhos brigavam constantemente.

Segundo a PM, o irmão mais novo da vítima, de 19 anos, é o principal suspeito do crime e até o momento não foi localizado. A Polícia Civil investigará o caso.

Tiroteio deixa um jovem ferido e atinge casa no Vitorino Braga

Um tiroteio ocorrido na noite do último domingo, 4 de novembro, deixou um jovem de 19 anos ferido no bairro Vitorino Braga. Segundo as informações repassadas pela Polícia Militar (PM), a vítima declarou que estava na companhia dos amigos em uma praça do bairro quando dois homens armados, em uma moto, se aproximaram do grupo e começaram a atirar.

Os jovens fugiram dos disparos, mas um dos jovens foi atingido na região da coxa direita. O rapaz foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde permaneceu internado para cirurgia de retirada do projétil. Após a tentativa de assassinato, a dupla fugiu. Segundo relato das vítimas, os autores dos disparos seriam moradores do bairro Nossa Senhora Aparecida e o motivo do crime estaria relacionado com às brigas entre gangues de bairros rivais.

Durante os levantamentos realizados no local do crime, os policiais ainda descobriram que um dos tiros atingiu a casa de um morador da localidade, e a bala ficou alojada no armário da cozinha. Além disso, foram apreendidos um capacete e um projétil calibre 38. Os suspeitos ainda não foram localizados e a Polícia Civil investigará o caso.

Os textos são revisados por Juliana França