Quarta-feira, 16 de julho de 2014, atualizada às 13h01, às 15h03 e às 18h02

Trinta e seis pessoas ficam feridas em acidente na avenida Itamar Franco

Eduardo Maia
Repórter
*Colaboração: Vívia Lima

Um acidente envolvendo um caminhão e três veículos  fechou as duas pistas da avenida Itamar Franco, no início da tarde desta quarta-feira, 16 de julho. Um caminhão de produtos de limpeza, da cidade de Itaúna (MG), perdeu os freios na descida do Hospital Monte Sinai, quando seguia em direção ao Centro. Segundo o tenente coronel do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Sérgio Ricardo Santos, 36 pessoas ficaram feridas, três em estado grave.

De acordo com o coordenador de policiamento do 27º Batalhão da Polícia Militar (PM), capitão Jean Michel Amaral, quando suspeitou ter perdido os freios, o motorista do caminhão tentou diminuir a velocidade, mas veio a se chocar com um ônibus da Tusmil, que faz a linha Nova Germânia (549). O coletivo se chocou contra um poste e chegou a derrubar outro.

Após a primeira colisão, o caminhão desgovernado atravessou o canteiro, entrando na contramão, e bateu em um Honda Fit que subia em direção à Universidade no viaduto da curva do Lacet. "Por muito pouco, ele não rompeu a barreira do viaduto, caindo na avenida e causando um acidente de consequências ainda mais graves", informou o capitão. A motorista do automóvel foi encaminhada para o Hospital Monte Sinai.

Mais adiante, o veículo desgovernado bateu em outro caminhão, da distribuidora Cecoti, com placa da cidade de Cláudio (MG). Após a batida, o veículo que subia capotou, atingindo a pista de acesso a ônibus e táxis do Independência Shopping e o caminhão desgovernado derrubou uma palmeira, atingindo a fachada do estabelecimento comercial. O choque chegou a danificar uma parede interna do estoque de uma loja de roupas. No local havia uma funcionária, que não chegou a ser atingida. O caminhão chegou a derramar óleo na pista.

No momento do acidente, o tráfego de veículos foi desviado para rua Vicente Beghelli, no bairro Dom Bosco, e para o bairro Cascatinha.

Feridos

Os condutores dos caminhões tiveram ferimentos leves. Já o ajudante do motorista do veículo que perdeu os freios, ficou preso às ferragens e foi encaminhado para o Hospital Maternidade Therezinha de Jesus. O condutor do ônibus e o cobrador foram levados para o Hospital Monte Sinai. Uma equipe de resgate do hospital atendeu prontamente as vítimas do ônibus.

Em nota, a assessoria de comunicação do Hospital Monte Sinai disse que "a motorista de um dos carros envolvidos no acidente precisou passar por cirurgia e deve ficar internada. Foram confirmadas duas vítimas de maior gravidade. Uma delas, uma criança de 6 anos, assistida pela equipe da UTI NeoNatal, está internada em observação. A paciente mais grave, uma adolescente de 16 anos, que foi diretamente encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva, foi estabilizada na UTI, mas precisou ser transferida para exames de imagem."

O Monte Sinai ainda informou que vários pacientes precisaram passar por exames de imagem e foram encaminhadas a outros hospitais, já que parte do hospital ficou sem energia após o acidente. Ainda de acordo com o Monte Sinai, diversos pacientes foram levados para o Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ) e outros para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), mas nenhum deles de maior gravidade. Eles foram transferidos com apoio da estrutura do Samu. Alguns outros, com ferimentos superficiais, foram medicados e liberados. O motorista e o cobrador do ônibus envolvido no acidente também foram atendidos no Monte Sinai. Eles foram assistidos por estarem muito abalados, mas não se feriram.

Fotos: Trânsito Juiz de Fora Fotos: Trânsito Juiz de Fora Fotos: Trânsito Juiz de Fora
Fotos: Fotos divulgadas no Whatsapp
*Vívia Lima é estudante do 7º período de Jornalismo da UFJF

Quarta-feira, 16 de julho de 2014, atualizada às 13h01, às 15h03 e às 18h02

Trinta e seis pessoas ficam feridas em acidente na avenida Itamar Franco

Eduardo Maia
Repórter
*Colaboração: Vívia Lima

Um acidente envolvendo um caminhão e três veículos  fechou as duas pistas da avenida Itamar Franco, no início da tarde desta quarta-feira, 16 de julho. Um caminhão de produtos de limpeza, da cidade de Itaúna (MG), perdeu os freios na descida do Hospital Monte Sinai, quando seguia em direção ao Centro. Segundo o tenente coronel do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Sérgio Ricardo Santos, 36 pessoas ficaram feridas, três em estado grave.

De acordo com o coordenador de policiamento do 27º Batalhão da Polícia Militar (PM), capitão Jean Michel Amaral, quando suspeitou ter perdido os freios, o motorista do caminhão tentou diminuir a velocidade, mas veio a se chocar com um ônibus da Tusmil, que faz a linha Nova Germânia (549). O coletivo se chocou contra um poste e chegou a derrubar outro.

Após a primeira colisão, o caminhão desgovernado atravessou o canteiro, entrando na contramão, e bateu em um Honda Fit que subia em direção à Universidade no viaduto da curva do Lacet. "Por muito pouco, ele não rompeu a barreira do viaduto, caindo na avenida e causando um acidente de consequências ainda mais graves", informou o capitão. A motorista do automóvel foi encaminhada para o Hospital Monte Sinai.

Mais adiante, o veículo desgovernado bateu em outro caminhão, da distribuidora Cecoti, com placa da cidade de Cláudio (MG). Após a batida, o veículo que subia capotou, atingindo a pista de acesso a ônibus e táxis do Independência Shopping e o caminhão desgovernado derrubou uma palmeira, atingindo a fachada do estabelecimento comercial. O choque chegou a danificar uma parede interna do estoque de uma loja de roupas. No local havia uma funcionária, que não chegou a ser atingida. O caminhão chegou a derramar óleo na pista.

No momento do acidente, o tráfego de veículos foi desviado para rua Vicente Beghelli, no bairro Dom Bosco, e para o bairro Cascatinha.

Feridos

Os condutores dos caminhões tiveram ferimentos leves. Já o ajudante do motorista do veículo que perdeu os freios, ficou preso às ferragens e foi encaminhado para o Hospital Maternidade Therezinha de Jesus. O condutor do ônibus e o cobrador foram levados para o Hospital Monte Sinai. Uma equipe de resgate do hospital atendeu prontamente as vítimas do ônibus.

Em nota, a assessoria de comunicação do Hospital Monte Sinai disse que "a motorista de um dos carros envolvidos no acidente precisou passar por cirurgia e deve ficar internada. Foram confirmadas duas vítimas de maior gravidade. Uma delas, uma criança de 6 anos, assistida pela equipe da UTI NeoNatal, está internada em observação. A paciente mais grave, uma adolescente de 16 anos, que foi diretamente encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva, foi estabilizada na UTI, mas precisou ser transferida para exames de imagem."

O Monte Sinai ainda informou que vários pacientes precisaram passar por exames de imagem e foram encaminhadas a outros hospitais, já que parte do hospital ficou sem energia após o acidente. Ainda de acordo com o Monte Sinai, diversos pacientes foram levados para o Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ) e outros para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), mas nenhum deles de maior gravidade. Eles foram transferidos com apoio da estrutura do Samu. Alguns outros, com ferimentos superficiais, foram medicados e liberados. O motorista e o cobrador do ônibus envolvido no acidente também foram atendidos no Monte Sinai. Eles foram assistidos por estarem muito abalados, mas não se feriram.

Fotos: Trânsito Juiz de Fora Fotos: Trânsito Juiz de Fora Fotos: Trânsito Juiz de Fora
Fotos: Fotos divulgadas no Whatsapp
*Vívia Lima é estudante do 7º período de Jornalismo da UFJF
-
Quarta-feira, 16 de julho de 2014, atualizada às 13h01, às 15h03 e às 18h02

Trinta e seis pessoas ficam feridas em acidente na avenida Itamar Franco

Eduardo Maia
Repórter
*Colaboração: Vívia Lima

Um acidente envolvendo um caminhão e três veículos  fechou as duas pistas da avenida Itamar Franco, no início da tarde desta quarta-feira, 16 de julho. Um caminhão de produtos de limpeza, da cidade de Itaúna (MG), perdeu os freios na descida do Hospital Monte Sinai, quando seguia em direção ao Centro. Segundo o tenente coronel do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Sérgio Ricardo Santos, 36 pessoas ficaram feridas, três em estado grave.

De acordo com o coordenador de policiamento do 27º Batalhão da Polícia Militar (PM), capitão Jean Michel Amaral, quando suspeitou ter perdido os freios, o motorista do caminhão tentou diminuir a velocidade, mas veio a se chocar com um ônibus da Tusmil, que faz a linha Nova Germânia (549). O coletivo se chocou contra um poste e chegou a derrubar outro.

Após a primeira colisão, o caminhão desgovernado atravessou o canteiro, entrando na contramão, e bateu em um Honda Fit que subia em direção à Universidade no viaduto da curva do Lacet. "Por muito pouco, ele não rompeu a barreira do viaduto, caindo na avenida e causando um acidente de consequências ainda mais graves", informou o capitão. A motorista do automóvel foi encaminhada para o Hospital Monte Sinai.

Mais adiante, o veículo desgovernado bateu em outro caminhão, da distribuidora Cecoti, com placa da cidade de Cláudio (MG). Após a batida, o veículo que subia capotou, atingindo a pista de acesso a ônibus e táxis do Independência Shopping e o caminhão desgovernado derrubou uma palmeira, atingindo a fachada do estabelecimento comercial. O choque chegou a danificar uma parede interna do estoque de uma loja de roupas. No local havia uma funcionária, que não chegou a ser atingida. O caminhão chegou a derramar óleo na pista.

No momento do acidente, o tráfego de veículos foi desviado para rua Vicente Beghelli, no bairro Dom Bosco, e para o bairro Cascatinha.

Feridos

Os condutores dos caminhões tiveram ferimentos leves. Já o ajudante do motorista do veículo que perdeu os freios, ficou preso às ferragens e foi encaminhado para o Hospital Maternidade Therezinha de Jesus. O condutor do ônibus e o cobrador foram levados para o Hospital Monte Sinai. Uma equipe de resgate do hospital atendeu prontamente as vítimas do ônibus.

Em nota, a assessoria de comunicação do Hospital Monte Sinai disse que "a motorista de um dos carros envolvidos no acidente precisou passar por cirurgia e deve ficar internada. Foram confirmadas duas vítimas de maior gravidade. Uma delas, uma criança de 6 anos, assistida pela equipe da UTI NeoNatal, está internada em observação. A paciente mais grave, uma adolescente de 16 anos, que foi diretamente encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva, foi estabilizada na UTI, mas precisou ser transferida para exames de imagem."

O Monte Sinai ainda informou que vários pacientes precisaram passar por exames de imagem e foram encaminhadas a outros hospitais, já que parte do hospital ficou sem energia após o acidente. Ainda de acordo com o Monte Sinai, diversos pacientes foram levados para o Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ) e outros para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), mas nenhum deles de maior gravidade. Eles foram transferidos com apoio da estrutura do Samu. Alguns outros, com ferimentos superficiais, foram medicados e liberados. O motorista e o cobrador do ônibus envolvido no acidente também foram atendidos no Monte Sinai. Eles foram assistidos por estarem muito abalados, mas não se feriram.

Fotos: Trânsito Juiz de Fora Fotos: Trânsito Juiz de Fora Fotos: Trânsito Juiz de Fora
Fotos: Fotos divulgadas no Whatsapp
*Vívia Lima é estudante do 7º período de Jornalismo da UFJF