Segunda-feira, 16 de novembro de 2015, atualizada às 11h37

Comerciante de 62 anos morre após ser vítima de tentativa de latrocínio no Linhares

pm

Um comerciante, de 62 anos, foi baleado na cabeça durante uma tentativa de assalto no último sábado, 14 de novembro, conforme informações da Secretaria de Saúde. A tentativa de latrocínio foi registrado, por volta das 14h30, do mesmo dia, na rua Odilon Braga, no bairro Linhares, próximo à Unidade de Atenção Primária à Saúde (Uaps). Ele estava internado no Hospital de Pronto Socorro (HPS) e morreu às 20h14 do mesmo dia.

Segundo a Polícia Militar (PM), uma testemunha que estava no local no momento do ocorrido junto com uma amiga avistou o suspeito entrando no comércio com uma arma em punho. Apontando o revólver para a vítima, anunciou o assalto, momento em que o comerciante levou a mão ao bolso, reação que possivelmente assustou o criminoso que disparou contra ele e fugiu sem levar nada, em direção a praça do bairro. O Samu fez o resgate e o levou para hospital, onde passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos.

Ao tentar capturar o suposto autor, a polícia empenhou viaturas recolhendo durante o patrulhamento, na rua Cezarino Gomes de Oliveira, um material usado no assalto, que eram uma máscara do conde Drácula emborrachada e um par de chinelos de solado rosa. Ainda durante atendimento da ocorrência, a PM recebeu informações de que moradores observaram um rapaz falando no celular de forma suspeita. Os militares chegaram a abordá-lo e interrogá-lo. As testemunhas informaram que o rapaz tentou alertar alguém para que fugisse e neste momento alguns populares revoltados tentaram linchá-lo, mas ele foi protegido pela PM e entregue para sua responsável legal.

Outro suspeito, que supostamente estaria com uma arma, e tentava fugir em uma ônibus sentido Centro, foi abordado, mas nada de ilícito foi encontrado com ele e as testemunhas não conseguiram reconhecê-lo, sendo liberado. O caso segue para investigação da Polícia Civil.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.