• Assinantes
  • Cultura

    Carnaval de Juiz de Fora terá mais 80 atrações durante os dez dias

    Sem desfiles de Escola de Samba, as agremiações serão homenageadas pelos 50 anos de história, no dia 30 de janeiro, na praça Antônio Carlos

    Angeliza Lopes
    Repórter
    11/01/2016

    Com mais de 80 atividades, o Carnaval de Juiz de Fora em 2016 será entre os dias 28 de janeiro a 6 de fevereiro, com programação de pré-carnaval, blocos de rua, festividades em bairros, afoxés, bicicletada e shows, com expectativa de público de até 120 mil pessoas. As atrações foram apresentadas pela Funalfa durante coletiva nesta segunda-feira, 11 de janeiro, no anfiteatro João Carriço, Centro (Confira a programação completa). Devido a crise econômica nacional, que reflete desde o último ano no município, a Prefeitura optou por fazer cortes em 55% no repasse para as escolas de samba, que viram como inviável a realização do evento com o valor proposto. Para garantir a homenagem aos 50 anos dos desfiles das Escolas de Samba da cidade, mesmo sem as apresentações, a Liga das Escolas de Samba de Juiz de Fora (Liesjuf) fará evento com participação das agremiações, no dia 30 de janeiro, a partir das 16h, na praça Antônio Carlos.

    Conforme o superintendente da Funalfa, Toninho Dutra, os diálogos com os representantes das escolas começaram em julho do ano passado, quando a administração se posicionou quanto a inviabilidade do repasse de mais de R$ 1,5 milhão para os dias de evento na passarela do samba. "Esta foi uma decisão da administração de ler os sinais que a economia apresentava e ver a realidade do município. A intenção é retornar com os desfiles no próximo ano, e, para isso, já começamos a conversar com a Liga, tentando outros meios de investimento também com as iniciativas privadas", destaca.

    Na homenagem do dia 30 cada agremiação será representada por 100 integrantes, vestidos com as camisas da escola, junto com ritmistas, passistas mestre-sala e porta-bandeira, na praça Antônio Carlos. As apresentações vão se revezar com show do grupo Melhor Assim. Outra homenagem será o bloco O Sonho Não Acabou - 50 Anos de Carnaval, organizado pela Associação dos Blocos de Juiz de Fora, que saí no dia 3 de fevereiro, às 20h, do Parque Halfeld.

    Programação 2016

    Toninho afirma que a programação com mais de 80 atrações foi montada para todos os gostos e faixas etária, com manifestações desde as mais tradicionais até atuais, valorizando os artistas da cidade e de fora, fazendo intercâmbio cultural, em vários pontos da cidade e distritos. Serão mais de R$ 500 mil em investimentos para a realização de todas atrações. A abertura no dia 28 de janeiro será com "Encontro de Tambores" com Ingoma, Batuque Afro-brasileiro de Nelson Silva e Encontro de MCs, no Parque Halfeld, às 17h, e na praça Antônio Carlos, às 20h, se apresenta a banda carioca Orquestra Voadora.

    Alguns destaques são Show da Mocidade Independente de Padre Miguel, o Bloco Pra Iaiá, o grupo Sururu na Roda, o Quinteto Cacique e o sambista Leandro Sapucahy, todos do Rio de Janeiro, além do cantor e compositor pernambucano Siba. Já entre os artistas locais escalados para o pré-carnaval de Juiz de Fora estão os grupos Melhor Assim, Samba do Miranda, Bombocado e Bacharéis do Samba e as cantoras Alessandra Crispin e Sandra Portella, que receberão convidadas no show "Divas do Samba".

    Para a criançada, a pedida é o bloco Trupi Folia, do grupo infantil Trupicada, que acontecerá no domingo, 30, às 10h30, na Praça do Bairro Bom Pastor. Os pequenos foliões também dominarão a cena na sexta-feira, 29, quando, a partir das 18 horas, acontecerá o desfile de duas escolas de samba mirins, na Rua Paulo de Frontin, entre as praças da Estação e Antônio Carlos.

    No dia 29 de janeiro será o 6° Concurso de Marchinhas Carnavalescas de Juiz de Fora, que teve 30 composições inscritas. A comissão julgadora do concurso selecionará 12 finalistas, e a relação deverá ser divulgada até o dia 16. A premiação será às 20h30, no Toca da Raposa, bairro Ladeira.

    Quem fecha com chave de ouro o Carnaval da cidade é a tradicional Banda Daki, que saí no dia 6 de fevereiro, às 12h30, com concentração na avenida dos Andradas.

    Organização

    fotoPara manter o evento sem transtornos, o superintendente explica que em algumas atrações em que houve sinalização de maiores transtornos no último ano, o efetivo da Polícia Militar e Guarda Municipal serão ampliados.

    "Em alguns casos, pedimos a redução do evento, que antes era de quatro dias para dois, pois nosso receio são atrações que crescem em uma proporção insustentável e acabam por ficar inviáveis. Todos os eventos realizados e apoiados pela Prefeitura terão término às 22h30. Estamos dialogando com os promotores e parte da segurança para tentar reduzir impactos de pós evento, que são nosso maior desafio".

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.