• Assinantes
  • Cultura
    Terça-feira, 12 de janeiro de 2016, atualizada às 18h

    Isabela de Souza, eleita Rainha do Carnaval 2016, conta sua trajetória

    Angeliza Lopes
    Repórter
    foto

    A dançarina, Isabela de Souza, de 25 anos, conhecida como "Pituxa", foi eleita em seu sexto ano como candidata do Concurso Rainha do Carnaval de Juiz de Fora. No momento em que foi coroada na quadra da Turunas do Riachuelo, Isabela conta que não conteve a emoção. "Eu estava no palco e antes de dar o resultado, a quadra inteira gritava o meu nome. Quando falaram que que ganhei, não consegui me conter de tanta felicidade!", relata a representante da Escola de Samba Mocidade Alegre de São Mateus, premiada com R$ 1.500. Ano em que não haverá desfiles das Escolas de Samba, a nova Rainha vê sua responsabilidade ainda maior em levar alegria para os foliões. Ela cumpre a agenda nas próximas semanas em clubes, bailes carnavalescos e nas programações do Carnaval da cidade ao lado do rei Momo, Carlos Guedes, da primeira princesa, Pâmela Palmira Campos, 23, da Escola Vale do Paraibuna, e da segunda princesa, Graciele Germano da Rocha, 27, do Partido Alto.

    Pituxa, apelido dado pelo pafotoi durante sua infância, diz que já tinha sido coroada como primeira princesa por quatro anos e segunda princesa no último ano, em 2015. "Por isso, optei desta vez por fazer uma apresentação ousada, com a soma de toda experiência adquirida durante os últimos cinco anos. Foi um tanto diferente". Moradora do bairro Nossa Senhora Aparecida, Isabela conta que foi abraçada há dois anos pela Mocidade Alegre, mesmo não sendo da comunidade, o que se tornou fundamental para sua vitória. Os preparativos durante todo o ano na academia de ginástica, aulas de dança e postura também ajudaram a aperfeiçoar sua desenvoltura no palco.

    isabelaDe família de foliões, a Rainha revela que pisou em uma quadra de samba pela primeira vez aos 16 anos. Incentivada pela tia, já falecida, ela se tornou rainha da bateria da extinta Escola de Samba Rosas de Ouro. "Desfilei como rainha até a escola acabar e a partir de então continuei na carreira do samba, por isso, devo à minha tia este título. Também tenho exemplos dentro de casa, que são a minha mãe que saí de baiana todos os anos e meu irmão como mestre-sala".

    Ainda como princesa, Isabela de Souza conseguiu seguir como dançarina profissional em apresentações na Turquia, pelo grupo de samba e capoeira, Rio Copacabana Show. Durante seis meses no ano, ela e outros artistas levam a cultura do Carnaval e afro-brasileira para resort e hotéis. "Agora posso acrescentar ao meu currículo o título de Rainha do Carnaval, que pode me abrir muitas portas".

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.