• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Grupo Segredo ganha espaço entre os bambas de Juiz de ForaGrupo completa um ano de roda de samba na cidade. Integrantes apostam no profissionalismo para conquistar uma carreira de sucesso

    Jorge Júnior
    Repórter
    11/8/2011

    Em uma roda de samba, formada por quatro bambas, surgia o Segredo. O grupo iniciou a carreira em 2009, em um bar no bairro Alto dos Passos, ainda sem nome definido. Mais tarde, outros três músicos do conjunto do cantor e compositor juiz-forano Mamão passaram a integrar o grupo. Com a música na ponta da língua, o banjo, o surdo, o pandeiro, o violão de sete cordas, o tan tan e o reco reco afiados, o Segredo ganhou espaço no cenário musical de Juiz de Fora, recebendo convites para tocar em outras casas da cidade.

    "Assim que surgiu o convite de tocar em um bar, perguntaram o nome do grupo, então o Moacir [um dos músicos] disse que o nome era um segredo. E a coisa pegou", explica um dos fundadores Rodrigo Calicho. A ideia inicial dos bambas, era tocar somente o samba de raiz, mas o público também pedia o pagode. "O povo do samba é mais exigente, cobra mais. Já o público do pagode é mais jovem", diz Calicho, lembrando que, para agradar a todos, o grupo abre exceções. "O cliente sempre tem razão", brinca o também fundador do Segredo, Magno Alexandre Santos.

    O jogo de cintura com o repertório e a interação com o público durante o show também são motivos que garantiram a permanência dos artistas no cenário musical de Juiz de Fora. "Se a plateia pede alguma música, a gente toca. Se o pedido não está dentro do nosso repertório, nos desculpamos e prometemos ensaiar a canção para o próximo show", diz Santos.

    O músico também afirma que o grupo abre as portas para todos os artistas que queiram participar do show. "Uma vez um uruguaio quis cantar com a gente, mas ele estava tão fora do ritmo, que demos um jeito educado de tirá-lo do palco, sem desagradar o público. De forma geral, todo mundo tem porta aberta no nosso samba."

    A abertura agora é percebida pelo próprio grupo que vê as oportunidades aumentarem na cidade. "Antigamente as casas noturnas não abriam espaço para o samba, agora o ritmo também faz parte da elite, opina Calicho. Com essa valorização, Santos acredita que os profissionais estão ficando mais reconhecidos. "Antes, para encher uma casa, você tinha que ter funk ou sertanejo, agora o samba por si, consegue lotar um bar, uma boate." A experiência é contada por Santos, devido o sucesso do grupo Segredo nos últimos tempos, com o projeto de roda de samba, nas tardes de sábados. "Já tivemos cerca de 1.100 pessoas em uma tarde. A média tem ficado entre 500 pessoas", comemora. Há um ano, o grupo comanda a atração.

    segredo segredo
    Projetos

    Para este ano, o Segredo pretender fazer um show em comemoração ao sucesso da roda de samba. Entre os nomes cogitados para fazer participações especiais estão Alcione, Diogo Nogueira e Beth Carvalho. "Será um evento para ficar na história." A produção de um CD independente também está sendo pensada pelo grupo. "Até janeiro do ano que vem queremos lançar o projeto, estamos buscando parcerias para colocar em prática."

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.