• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010, atualizada às 19h

    Edição 2010 da Lei Murilo Mendes começa a ser debatida pela classe artística da cidade

    Aline Furtado
    Repórter

    Está marcada para a próxima quinta-feira, 25 de fevereiro, a primeira reunião para discussão da edição 2010 da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei Murilo Mendes, que destina verba a projetos como espetáculos de dança, de teatro, livros, vídeos, entre outros.

    O encontro, aberto a todos interessados pela área cultural, pretende abordar sugestões e críticas, visando ao aprimoramento da lei. A intenção é que as propostas aprovadas nesta e nas próximas reuniões sejam acrescentadas no edital e no decreto deste ano, quando a legislação completa 16 anos. A previsão é de que o edital seja lançado no mês de abril.

    Para o presidente do Conselho Municipal de Cultura de Juiz de Fora (Concult), Marcos Olender, a expectativa é de que a lei continue incentivando a produção na cidade, além de promover o reconhecimento de obras culturais. "Esperamos que haja aumento do valor a ser destinado aos contemplados e que não haja contingenciamento do mesmo, a fim de que mais projetos sejam aprovados. Além disso, é fundamental que a lei continue no caminho de descentralizar a distribuição de recursos."

    Olender destaca ainda a importância da Lei Murilo Mendes no sentido de promover diversos segmentos relacionados à cultura. "Por meio da lei, vêm à tona artistas, produtores e pesquisadores, o que representa um ganho enorme para a cidade." A reunião, promovida pela Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa), ocorre na avenida Rio Branco, 2234, às 16h30.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.