• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quarta-feira, 8 de setembro de 2010, atualizada às 16h

    Dez mil pessoas provaram que o teatro está vivo em Juiz de Fora

    Pablo Cordeiro
    Repórter

    Se para muitos ir ao teatro é um programa raro ou mesmo inédito, dez mil pessoas comprovaram que a prática se mostra forte em Juiz de Fora. Essa foi a média de público nos nove dias de espetáculos do 4° Festival Nacional de Teatro de Juiz de Fora. De 30 de agosto a 7 de setembro, o público pôde desfrutar de 45 apresentações, entre espetáculos, mostra competitiva, intervenções artísticas e curtas performances.

    Além do entretenimento para o público, a população também sai beneficiada com a cultura. Os ingressos para as apresentações foram trocados por livros, que serão entregues às bibliotecas comunitárias da cidade. Segundo expectativa de uma das produtoras do festival, Fernanda Martins, cerca de nove mil livros foram arrecadados. "O festival cresceu bastante. Percebemos pelo número de pessoas na fila. Muitas saíam de um espetáculo direto para outro. Alguns conseguiram reunir até 300 pessoas no Parque Halfeld", destaca.

    Sobre o gosto do juizforano pela prática artística, Fernanda acredita que essa cultura está sendo semeada na população. "Observamos que as pessoas estão começando a apreciar. Elas se divertem, participam e despertam o interesse." Nos espetáculos infantis, além de recorde de público, a votação também refletiu a aceitação das crianças. "O grupo que ganhou melhor espetáculo e júri popular foi infantil. Ele teve o reconhecimento do público e dos jurados. Como foi feriado, os pais levarem os filhos."

    JF fora de foco

    Das treze montagens que concorreram nas categorias adulto e infantil, nenhuma foi de Juiz de Fora. No total, houveram 57 inscrições de 21 cidades brasileiras, com mais incidência nas premiações de São Paulo, que recebeu dez dos 23 prêmios da competição (confira relação abaixo). 

    Do total de inscrições, apenas quatro grupos teatrais locais se interessaram pela Mostra Competitiva. Para Fernanda, o número é bastante pequeno, já que o habitual de inscritos chega a dez. Mas, para a produtora um dos motivos dessa "desistência" é o próprio período do edital para as inscrições e do festival. "Estamos numa entressafra de peças. Algumas que já estrearam não tinham material, outras já estão acabando ou mesmo estão sendo produzidas", explica. Como o edital é lançado em junho, algumas peças não duram até a realização do festival.

    Os grandes vencedores foram "A fabulosa viagem de Duda e Lola em busca da irmã perdida ou... cadê Kika?" (foto acima), do Grupo Caixa de Histórias, de São José dos Campos (SP), na categoria infantil. A peça "Spirulina em Spathódea", do Grupo NaCompanhiaDosAnjos, de São Paulo (SP), ganhou na categoria adulta. A primeira montagem recebeu seis troféus, enquanto a segunda arrebatou quatro prêmios. 

    Premiação do festival - Adulto
    Prêmio Premiado Espetáculo Companhia/Grupo Cidade
    Melhor Espetáculo  Toda a peça
    Spirulina Em Spathódea NaCompanhiaDosAnjos São Paulo
    Melhor Direção Ricardo Puccetti Spirulina Em Spathódea NaCompanhiaDosAnjos São Paulo
    Melhores Atores Leo Campos E Leandro Bertholini As Mulheres Da Rua 23 De Teatro Autoral Rio De Janeiro
    Melhor Atriz Silvia Leblon Spirulina em Spathódea NaCompanhiaDosAnjos São Paulo
    Melhor Ator Coadjuvante Gustavo Valezi Números Os Geraldos Campinas
    Melhor Atriz Coadjuvante Fernanda Dias Consummatum Est Os Ciclomáticos Cia de Teatro Rio de Janeiro
    Melhor Cenário Adriana Madeira O Beijo Teatro de Breque Curitiba
    Melhor Figurino José Luiz Filho As criadas Teatral Confraria Tambor, Uberlândia
    Melhor Iluminação Nadja Naira O Beijo Teatro de Breque Curitiba
    Melhor Trilha Sonora Clerouak Spirulina em Spathódea NaCompanhiaDosAnjos São Paulo
    Prêmios Destaque Os Geraldos (elenco) e Teatro de Breque (pesquisa de linguagem)
    Números e Beijo
    Os Geraldos e Teatro de Breque Campinas e Curitiba
    Júri Popular/Melhor Espetáculo  Toda a peça
    As Mulheres da Rua 23 Cia. de Teatro Autoral Rio de Janeiro

    Premiação do festival - Infantil
    Prêmio Premiado Espetáculo Companhia/Grupo Cidade
    Melhor Espetáculo  Toda a peça
    A fabulosa viagem de Duda e Lola em busca da irmã perdida ou... Cadê Kika? Caixa de Histórias São José dos Campos
    Melhor Direção Márcio Douglas A Fabulosa viagem de Duda e Lola em busca da irmã perdida ou... Cadê Kika? Caixa de Histórias São José dos Campos
    Melhor ator Thiago Leite A comédia da esposa muda Parafornalha Coletivo de Criadores São Paulo
    Melhores atrizes Karina Müller e Glauce Carvalho A Fabulosa viagem de Duda e Lola em busca da irmã perdida ou... cadê Kika? Caixa de Histórias São José dos Campos
    Melhor Ator Coadjuvante Elton Pinheiro A comédia da esposa muda Parafornalha Coletivo de Criadores São Paulo
    Melhor Atriz Coadjuvante Lili Castro Lugares para botar o nariz Frita Rio de Janeiro
    Melhor Cenário Dagmar Siqueira A Fabulosa viagem de Duda e Lola em busca da irmã perdida ou... cadê Kika? Caixa de Histórias São José dos Campos
    Melhor Iluminação Daniel Augusto A Fabulosa viagem de Duda e Lola em busca da irmã perdida ou... cadê Kika? Caixa de Histórias São José dos Campos
    Melhor Figurino Rafael Rios e Jonas de Moraes A comédia da esposa muda Parafornalha Coletivo de Criadores São Paulo
    Melhor Trilha Sonora Thiago Leite A comédia da esposa muda Parafornalha Coletivo de Criadores São Paulo
    Júri Popular/Melhor espetáculo Toda a peça
    A Fabulosa viagem de Duda e Lola em busca da irmã perdida ou... cadê Kika? Caixa de Histórias São Paulo

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.