Segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011, atualizada às 17h24

Concurso de Marchinhas Carnavalescas tem treze finalistas

Da Redação

Treze propostas foram selecionadas para participar da etapa final do 1º Concurso de Marchinhas Carnavalescas de Juiz de Fora – Prêmio Nancy de Carvalho. As músicas serão apresentadas ao público, ao vivo, no dia 24 de fevereiro, no baile pré-carnavalesco do Cultural Bar (Avenida Deusdedith Salgado 3.955, Salvaterra), a partir das 23h. Ao todo, 47 propostas foram inscritas na primeira edição do evento e, devido ao empate entre duas marchinhas, a comissão julgadora optou por ampliar de 12 para 13 o total de trabalhos classificados para a final.

Promovida pela PJF, através da Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa), em parceria com a Cooperativa da Música de Minas Gerais (Comum), a iniciativa tem como objetivo valorizar a música carnavalesca, seus compositores e intérpretes. Três marchinhas serão premiadas. O compositor vencedor levará R$ 1.500 para casa. O segundo lugar ficará com R$ 900 e o terceiro, com R$ 600. Os ingressos para conferir as performances estão à venda na sede da Funalfa, na avenida Rio Branco 2.234, no Parque Halfeld. As entradas custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Foliões fantasiados pagarão meia.

Letras das marchinhas selecionadas

Inscrições abertas em Além Paraíba e Cataguases

Quem estiver inspirado ainda pode se inscrever nos concursos de marchinhas que estão com inscrições abertas nas cidades de Além Paraíba e Cataguases. Em Além Paraíba, a entrega de propostas para o 4º Concurso Alemparaibano Marchinhas Carnavalescas ocorre até esta quinta-feira, 10, pessoalmente, na Casa da Cultura, na Rua José Rui da Cunha Moreira, das 12h às 18h. Cada compositor deve entregar, no ato de inscrição, um CD gravado com a composição e cinco cópias da letra impressa. O concurso oferece prêmios que variam de R$ 300 a R$ 1.200.

Em Cataguases, o concurso segue aberto até esta sexta-feira, 11. Cada participante pode inscrever apenas uma música. O tema é livre e as canções precisam ser inéditas. O prêmio total é de R$ 1 mil, dividido para os três primeiros lugares. O compositor precisa comparecer à sede da Secretaria de Cultura (praça Rui Barbosa, 174, Centro), preencher a ficha e protocolá-la junto com a música gravada em um CD e a letra da canção impressa. Clique aqui e veja detalhes.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.