Quarta-feira, 27 de abril de 2011, atualizada às 13h23

Curta do juiz-forano Marcos Pimentel é finalista no "Oscar brasileiro"

Da Redação
Cena de Urbe

Rodado em Juiz de Fora, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, o documentário Urbe, do cineasta juiz-forano Marcos Pimentel está entre os cinco finalistas da categoria de Curtas Documentários na 10ª edição do Grande Prêmio de Cinema Brasileiro.

Promovida pela Academia Brasileira de Cinema, a premiação, considerada o "Oscar brasileiro", reúne o melhor da produção de cinema do ano anterior.

Urbe, que significa cidade, trata de uma localidade e sua alma, além disso, aborda a presença da vida e da morte nos centros urbanos contemporâneos, com uma reflexão sobre as raízes das cidades e os sentimentos de seus habitantes.

A obra, produzida em 2009, com duração de 15 minutos, colorido e finalizado em película de 35 milímetros, teve produção do professor da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Cristiano Rodrigues, fotografia de Mauro Pianta e montagem de Horácio Velasquéz. O documentário contou com patrocínio da Lei Murilo Mendes de Incentivo à Cultura.

Premiação

A cerimônia de premiação do Grande Prêmio de Cinema Brasileiro será realizada no dia 31 de maio, no Teatro João Caetano, na Praça Tiradentes, no Rio de Janeiro. O evento será transmitido ao vivo pelo Canal Brasil, a partir das 21h.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.