• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Trabalho nos barracões das Escolas de Samba de JF é intensificado para o Carnaval 2012A pouco mais de um mês do Carnaval, escolas começam a preparar os carros alegóricos e terminar as alegorias

    Victor Machado
    *Colaboração
    13/1/2012
    carnaval

    A pouco mais de um mês para o início do Carnaval 2012, o ritmo nas quadras e barracões das Escolas de Samba de Juiz de Fora começa a se intensificar para que nada saia errado na avenida. A disputa esse ano pelo título do Grupo A será entre as escolas Mocidade Alegre de São Mateus, Unidos do Ladeira, Mocidade Independente do Progresso, Real Grandeza Partido Alto e Feliz Lembrança.

    No grupo B, as agremiações Juventude Imperial, União das Cores, Unidos das Vilas do Retiro, Rivais da Primavera, Acadêmicos do Manoel Honório e Turunas do Riachuelo disputam o acesso. A escola Vale do Paraibuna desfilará pelo Grupo C. Segundo o presidente da Liga das Escolas de Samba de Juiz de Fora (LIESJUF), Ney Gerald Gouveia, o grupo especial desfila no dia 20 de fevereiro e, no dia 21 ocorre os desfiles do grupo B. Confira o que as escolas pretendem levar para a avenida.

    Unidos da Ladeira

    Com a preparação a todo vapor, a escola promete apresentar um enredo que homenageia os 70 anos de Clara Nunes, com o nome de Clara, Clareia, Clareou... 70 anos da Guerreira. Ao todo serão cerca de 800 integrantes, distribuídos em 13 alas e 10 carros alegóricos. "Nossas alas estão todas prontas. A bateria está sendo finalizada e estamos em fase de ajustes finais dos carros alegóricos. Está tudo dentro do programado", afirma o presidente Marcus Valério Américo Mendes.

    Mocidade Independente do Progresso

    Em 2012, a escola vai apresentar um enredo baseado em personagens fictícios de sucesso. Com o nome As Belas Histórias que Vovó Contava, o enredo terá como base histórias como Cinderela, Lobo Mau, Chapeuzinho Vermelho, entre outros. "Vamos brincar muito com os personagens que fizeram parte da infância das pessoas. Mas não vamos ficar apenas nos mais recentes. Tem a história do Rei Midas, que é um personagem que tudo o que ele encostava virava ouro", comenta a presidente, Leila Carla Petrato. Devido a uma redução de verba, a escola irá diminuir o número de integrantes para 750. Em 2010, foram cerca de mil pessoas. Ao todo serão 12 alas e quatro carros alegóricos.

    Real Grandeza

    Perfume, fonte de desejos, sintonia de humor, amor e paz. Esse é o nome do enredo que irá contar a história do perfume passando por Cleópatra, pelo mundo grego, pelos romanos, pela França, pelas essências da Índia e os cheiros exalados pelas flores. A previsão do presidente Luiz Carlos Masson é de que as 14 alas estejam prontas até o dia 15 de janeiro. Os quatro carros alegóricos já estão sendo construídos e a escola vai desfilar com 750 integrantes. "A ideia é apresentar um pouco da história do perfume. A Cleópatra que se perfumava muito, as essências da Índia, as flores, tudo que exala cheiro", afirma o presidente.

    Feliz Lembrança

    A escola tem como tema de enredo o cabelo. O nome será: Pode ser liso, crespo ou ondulado, mas todos querem um bom penteado. Serão quatro carros e aproximadamente 800 integrantes. "Estamos produzindo nosso carnaval desde junho e está tudo bem encaminhado. Já estamos terminando as alegorias e preparando os carros", afirma o presidente Jair de Castro Filho. No dia 29 de janeiro, às 13 horas, a escola fará um evento para a apresentação das fantasias.

    Juventude Imperial

    A Juventude Imperial apresentará um enredo que relembra a história da própria escola. Quem te conhece, não te esquece jamais – levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima" é o nome do enredo. "No último ano, nos sentimos um pouco prejudicados e, por isso, resolvemos passar na avenida a história dessa escola que já tem 48 anos de Carnaval, para que as pessoas possam conhecer melhor", explica o presidente Davi Chaves. A escola terá três carros, 12 alas e 500 integrantes. Segundo o presidente, aproximadamente sete alas estão concluídas e os carros devem começar a serem construídos a partir de segunda-feira, 16 de janeiro.

    carnaval carnaval
    União das Cores

    Sou feliz, ninguém mais feliz que eu. Bahia, o senhor do Bonfim me atendeu. Esse é o nome do enredo que promete abordar a cultura, a musicalidade, o turismo e a fé baiana na avenida. A presidente Maria das Graças comenta que as fantasias estão quase prontas, faltando apenas a última ala e os carros. Ao todo serão 370 pessoas, distribuídos em 13 alas e três carros. "Nosso desfile será baseado na Bahia, abordando um pouco desse estado tão bonito", afirma a presidente.

    Rivais da Primavera

    A escola do grupo B vai levar para a avenida o tema A Saga do Café. "O enredo foi escolhido pelo carnavalesco da escola, por ser um tem forte em Minas Gerais, uma vez que os mineiros gostam do café", diz o presidente Wilson de Souza. Segundo Souza, cerca de 600 pessoas vão compor a escola, que terá quatro alegorias e 80 ritmistas. O presidente garante que a Rivais vai apresentar surpresas no desfile. As fantasias e os carros já estão prontos. "No dia 28 de janeiro, apresentaremos os trajes ao público."

    Acadêmicos do Manoel Honório

    O enredo Do luar que clareia a academia, histórias, magias, mistérios e lendas fascinantes tem como tema a Lua. O presidente Marcos Ribeiro explica que a escolha foi feita devido à praticidade. "Acabamos de subir para o Grupo B e esse é um tema fácil de trabalhar, tanto para o samba, quanto para as alas e alegorias. A nossa intenção é tentar buscar uma colocação boa e, quem sabe, subir para o Grupo A." Serão 450 componentes, 12 alas e quatro carros. A preparação da escola está na fase final e os carros estão sendo montados.

    Turunas do Riachuelo

    "Este ano a escola optou por resgatar um enredo de sucesso. Escolhemos o samba de 1978, intitulado A.E.I.O.U, enredo que garantiu o título de campeã do Turunas na época", explica o presidente Diomário de Deus. Segundo ele, a letra vêm com algumas adaptações atuais. "O tema trata do Cassino da Urca, passando desde a Lapa, onde os jogos eram realizados clandestinamente, juntamente com a prostituição. Com o samba, vamos retratar todos os personagens e artistas da época, enfatizando a ascensão da noite carioca, da boemia até chegar na TV Tupi", diz.

    A escola vai levar para a folia cerca de 500 componentes. Nove alas e três alegorias. "Estamos em fase de fechamento das fantasias e os carros já começaram a ser decorados. Os destaques já estão todos prontos." Na escola, os ensaios começam na próxima sexta-feira, dia 20 de janeiro. 

    O Portal ACESSA.com tentou contato com as escolas Mocidade Alegre, Partido Alto, Unidos das Vilas do Retiro e Vale do Paraibuna, mas não obteve retorno.

    *Victor Machado é estudante do 8º período de Comunicação Social da Faculdade Estácio de Sá

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.