• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quarta-feira, 3 de julho de 2013, atualizada às 17h36

    Palco Provisório estreia neste domingo no Centro de Vivência da UFJF

    Cintia Charlene
    *Colaboração
    rafael trio

    O Centro de Vivência da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) vai abrigar, neste domingo, 7 de julho, o projeto Palco Provisório, que promete agitar a vida cultural do campusPara abrir a programação, o primeiro show será coordenado pelo ex-aluno e artista Rafael Gonçalves Trio, que traz um repertório eclético, baseado em composições próprias, além de interpretações jazzísticas para diferentes ritmos brasileiros, como samba, bossa nova e o baião. O espetáculo aberto ao público terá duração de 1h30, com início previsto para as 12h30.

    A iniciativa é da Pró-reitoria de Cultura da UFJF, em parceria com o Instituto de Artes e Designer, com coordenação do curso de música, que pretende valorizar o trabalho dos alunos e professores da graduação. ''Queremos oferecer aos alunos uma oportunidade de mostrarem seus trabalhos em um espaço público. É uma chance que muitos ainda não tiveram. A UFJF tem um público flutuante interessante para esses futuros profissionais, permitindo assim, mostrarem seus talentos e, consequentemente, fazerem contatos'', destaca o pró-reitor de Cultura, Gerson Guedes.

    As atrações do Palco Provisório estão previstas para ocorrerem em domingos alternados, no Centro de Vivência, até o mês de setembro. Até o momento, seis atrações já estão programadas. Ainda de acordo com o pró-reitor, inicialmente o projeto visa atender alunos e recém formados, posteriormente poderão ser incorporados outros artistas. ''Tudo vai depender de como será o primeiro show, que vai funcionar com um projeto piloto. A partir dele, poderemos constatar e analisar detalhes, como a receptividade do público, a escolha dos próximos estilos musicais e etc. Além disso, vamos oferecer um pequeno pró-labore aos alunos participantes do projeto.''

    Sobre a ampliação da iniciativa, Guedes afirma que isso já esta previsto no planejamento do projeto. ''Nossa intenção é sair do campus e fazer as apresentações em outros lugares, estabelecimentos comerciais, com artistas da UFJF e também de fora. O objetivo é permitir que esses alunos possam estar em contato com outras pessoas, oferecendo um trabalho de qualidade.'

    Raio x da Banda

    Rafael Gonçalves se apresenta na guitarra e no violão, é vencedor do prêmio BDMG na categoria Jovem Instrumentista de 2009, formado em violão e arranjo pela Universidade de Música Popular de Barbacena – Bituca, e graduando do curso de Música do IAD. Ao seu lado, no Palco Provisório, estarão os instrumentistas Adalberto Silva, no contrabaixo, e Gladston Vieira, na bateria.

    Integrante do trio há quatro anos, Adalberto Silva traz uma bagagem profissional que inclui dois anos na Itália, além de formação na Bituca, onde estudou baixo com Ivan Corrêa e Enéias Xavier, estando em contato com outros grandes mestres, como Ian Guest e Gilvan de Oliveira.

    Gladston Vieira também foi vencedor do Prêmio Jovem Instrumentista BDMG, que lhe permitiu a oportunidade de estudar com Márcio Bahia, baterista do grupo de Hermeto Pascoal. Além disso, também é formado pela Universidade de Música Popular de Barbacena, onde se aperfeiçoou com professores como Lincoln Cheib, atual baterista de Milton Nascimento. A paixão pela música e pelo improviso alimenta o trabalho do trio, que tem na linguagem do jazz um elemento fundamental para as performances.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.