• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Rosângela Rossi: psicoterapeuta, filósofa e escritora

    Prestes a lançar seu oitavo livro, autora conta para a ACESSA.com um pouco de sua vida e de sua próxima obra

    Lucas Soares
    Repórter
    23/11/2013
    Rosângela Rossi

    A escritora Rosângela Rossi (foto ao lado) vai lançar, no próximo dia 28 de novembro, quinta-feira, seu oitavo livro. O Romance de Jesus - Mistérios Revelados irá sair pela editora Ser Livre, criada pela própria autora, e será lançado na Sociedade de Medicina e Cirurgia de Juiz de Fora, na rua Braz Bernardino 59, no Centro, às 20h. Membro das Academias Juiz-Forana de Letras (MG), de Cabo Frio (RJ) e de Iguaba Grande (RJ), desta vez, Rosângela faz sua estreia em obras de ficção.

    Se suas publicações anteriores eram de livros voltados para áreas de saúde e autoajuda, Rosângela diz realizar um sonho com a nova criação. "A literatura surgiu na minha vida aos três anos. Meu avô tinha os direitos dos filmes do Charles Chaplin para comercialização em Belo Horizonte. Fui criada nesse mundo: amando Chaplin, cinema, literatura, poesia e teatro. Desde pequena faço e produzo minhas próprias peças. À medida que o tempo foi passando, me interessei por filosofia e me apaixonei por grandes escritores: Chaplin, Monteiro Lobato e Jean-Paul Sartre. Já escrevi na área de saúde, de autoajuda, mas hoje, meu encantamento, é romance literário. Minha editora está dedicada a isso", conta.

    Nascida em Belo Horizonte, a autora diz que mudou para Juiz de Fora há 30 anos. E que, logo de cara, se apaixonou pela cidade. "Meu marido veio trabalhar na Mendes Júnior, e me apaixonei pela cidade no primeiro instante. Fui muito bem acolhida. Eu amo essa cidade. Vejo um potencial criativo aqui, mas fico triste ao ver que ainda está faltando muita coisa", explica. Ao se lembrar da infância e adolescência na capital, Rosângela lembra da revolução de 1964 e em como isso influenciou sua formação. "Meu pai não me deixava estudar filosofia ou psicologia. Eu estudei filosofia escondida. Toda a base da minha formação é filosófica", relata.

    Além disso, um fato marcante leva Rosângela a acreditar em cada dia e vivê-los com o máximo de intensidade. O diagnóstico de um médico, antes mesmo de nascer, pôs em risco sua vida. "O doutor que acompanhava minha mãe falou que ela teria que abordar. No entanto, um outro médico falou algo para ela marcante: "Além da ciência, existe Deus". Para quem não poderia viver um dia, viver 62 anos é um grande milagre. Vivo cada dia com alegria e gratidão", comemora.

    Rosângela Rossi Rosângela Rossi

    Vida profissional

    A literatura é a grande paixão da vida de Rosângela. Mas, profissionalmente, ela atende como psicoterapeuta analítica. Além disso, é filósofa clínica, embaixadora da paz e comendadora do Rio de Janeiro, realizando também trabalhos sociais. Ainda é apresentadora do programa de rádio Razões e Emoções na Rádio Solar AM, fundadora da Harmonização da Bioenergia e pesquisadora do Pensando Bem, grupo do departamento de filosofia a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

    Rosângela também é casada há 40 anos, mãe de um casal, e, acredite se quiser, tem tempo para tudo isso. "Sou muito organizada e determinada. Trabalho na clinica de 9h às 20h e tenho tempo para ir para a rádio e para ler. Eu adoro o trabalho de casa, ser mãe, ser esposa. Tudo que eu faço é com amor. Para quem não poderia viver um dia, estar vivendo 62 anos? É um milagre. Eu dirijo um grupo de bioenergia que a tônica é viver cada dia com intensidade. Enquanto a vida está acontecendo, temos que saboreá-la. Eu não transformo nada em drama, eu lido com a realidade como ela é. Dá para administrar a vida com envolvimento", diz.

    O novo livro

    O Romance de Jesus vai contar a história de um jornalista, Jesus David, que viaja para o Oriente Médio tentando desvendar os mistérios de Jesus, o Cristo. Na viagem, o protagonista conhece e se apaixona por Sara, com quem vive um grande amor. Os encontros com Jesus Cristo atuam de forma real, visto que Rosângela pesquisou em livros apócrifos a história da vida do Cristo entre os 12 e os 30 anos. "Fiz uma mescla entre histórico e ficção. Cada capítulo é um suspense. Você lê e quer saber um pouco mais, não só da história do jornalista, como da história de Jesus. Você está na busca de saber o que aconteceu. A grande pergunta é: será que esse Jesus existiu ou ele é cada um nós? Perguntas que todo mundo faz como "Jesus casou?", ou "Como é que foi o nascimento dele?" são respondidas. Tem algumas respostas que não são ditas, mas pesquisando nas livrarias religiosas, existem livros apócrifos. Então eu fiz isso: fui ver o que já tava escrito, que está aí pra todo mundo ver e ninguém presta atenção. A grande sacada do livro é revelar o que está perto de nós, acessível, mas as pessoas não sabem esses porquês. Está tudo escrito. E por que há duvida, se está tudo pronto?", questiona.

    E, ao abordar um tema considerado delicado por muitos, a escritora garante que está aberta à críticas, mas tem certeza de que, quem ler e entender o livro, vai estar ciente que o assunto é muito mais amplo do que realmente aparenta ser. "Quem ler só o livro sem entender o contexto, pode criticar. Mas os religiosos que leram, já aprovaram. Tanto é que eu estou enviando um livro para o papa Francisco. Esse livro só faz você se apaixonar por esse grande mestre. Enquanto tivermos essa briga religiosa, achando que um lugar é melhor que o outro, a gente não entendeu nada que Jesus falou. Quando compreendermos a essência, não vai ter mais isso. Estou aberta à críticas, mas quem ler o livro, vai entender. Pode ser ateu ou qualquer outra religião", garante.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.