• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quarta-feira, 18 de dezembro de 2013, atualizada às 15h42

    Instituto Cultura do Samba celebra dia do mestre sala e porta bandeira

    Eduardo Maia
    Repórter
    Instituto Cultura do Samba

    Com o objetivo de celebrar o Dia Municipal do Mestre Sala e Porta Bandeira, instituído pela lei 12.214 de 2011, o Instituto Cultura do Samba promove neste domingo, 22 de dezembro, uma festa para celebrar a data. O evento ocorre na quadra da GRES Partido Alto, localizada na avenida Brasil 5113, próximo ao clube Dom Pedro.

    O presidente do instituto, Régis da Vila, afirma que a data é uma forma de registro da tradição e marca a visita do Mestre Delegado, da Estação Primeira de Mangueira, em Juiz de Fora no ano de 2004. "Em 2009, nós pedimos ao vereador Figueirôa para fazer a lei do dia municipal do mestre sala e porta bandeira, porque no dia 22 de dezembro de 2004 nós recebemos do mestre Delegado a bandeira oficial da Mangueira. Por 36 anos, ele recebeu dos jurados a nota dez neste quesito", diz.

    Régis explica que o evento também comemora os 55 anos do julgamento da dança, ou seja, quando o quesito passou a avaliar a dança do casal de sambistas. 

    Durante o evento, alguns nomes que marcaram a história do Carnaval de Juiz de Fora serão homenageados. São eles: Nancy de Carvalho, Ronaldo Tropical, Edson Gaguinho, Jorge Bento, Regina Queiroga, Nivalda Barbosa, Waltencir Barbosa, Dona Tirinha do Mundo Novo e a Liga das Escolas de Samba de Juiz de Fora. Também recebe uma homenagem especial Bento Dutra, da escola Partido Alto.

    "Nós desenvolvemos de forma gratuita este trabalho em Juiz de Fora, valorizando a dança. É importante a preservação do samba e da dança da cultura negra no país. É importante lembrar que a nossa cidade é uma das três cidades que possui essa lei no Brasil", explica Régis.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.