• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Segunda-feira, 1 de setembro de 2014, atualizada às 16h51

    Detalhes do cotidiano inglês são retratados em exposição fotográfica

    Eduardo Maia
    Repórter
    Exposição

    A captura de elementos que marcaram uma experiência no Reino Unido materializa-se em uma exposição que o fotógrafo Marcus Leoni apresenta a partir desta terça-feira, 2 de setembro, no Fórum da Cultura. O resultado de um olhar aguçado sobre os movimentos das ruas é retratado de uma maneira singular em 20 fotografias em P&B e coloridas, impressas em pôsteres de 30 x 45 cm.

    A mostra apresenta um "mergulho na sociedade inglesa", possibilitado a partir da experiência que o artista viveu na Inglaterra e na Escócia entre setembro de 2013 e março deste ano. Ao acompanhar sua namorada, que ia cursar o Doutorado, Leoni se propôs a fazer um curso de fotografia e acabou se envolvendo no trabalho de capturar a realidade através das lentes de uma câmera.

    "Tentei retratar a pessoa que anda pela rua e não se dá conta do que está fazendo. De repente, tenho uma foto de alguém descendo uma escada, do metrô, de um casal. Perguntam-me se eu pedi para tirar uma foto e eu não pedi. Apenas uma foto eu pedi, de muçulmanas, mas é a única foto que expressavam algo que elas tinham em comum. O resto foram fotos no flagra", revela.

    Segundo o artista, a ideia de expor este trabalho surgiu de modo natural. "Não tinha um plano de expor este trabalho. Eu comecei a mostrar para os amigos que me sugeriram expor. Publiquei o trabalho na internet e depois acabei tirando para incentivar às pessoas a conhecê-lo de forma mais profunda", conta.

    O nome "Camadas", surgiu de uma tradução livre do nome original que Marcos deu ao conjunto de imagens. Ao separar os arquivos, denominou-o "Layers", de forma espontânea. De uma maneira que chame a atenção do espectador para o que deseja expressar, propõe que este faça uma reflexão sobre uma "cena única" de cada imagem exposta.

    "Cada foto traz sua especificidade, mas o que há de comum em todas elas é que sempre tem alguma coisa acontecendo. Uma foto de paisagem chama atenção para um grafite, para pequenos momentos, que vão aguçar o olhar do espectador de quem está diante da obra", propõe.

    Apaixonado pelas Artes Cênicas, inclusive tendo se iniciado junto ao Grupo Divulgação, Marcus já chegou a apresentar uma peça em São Paulo (SP), Coração na Bolsa, que teve a direção assinada por Rui Cortez. Agora, de volta a Juiz de Fora começa a se aproximar das artes visuais, em especial do Cinema, imprimindo um tom peculiar dessas artes em seu trabalho.

    Foto"Quando voltei, comecei a produzir alguns curtas. Na verdade, a exposição tem muito disso. São pequenas histórias de pessoas que estão sendo contadas. É pensar quando se vê uma pessoa comendo no que ela está pensando. Ou no que eu estou pensando que ela está pensando", brinca.

    A exposição será aberta às 20h30, na Galeria de Arte do Forum da Cultura. O espaço estará aberto a visitação do público com entrada franca, de segunda a domingo, das 14 às 18h. O Fórum da Cultura fica na rua Santo Antônio, 1112 - Centro de Juiz de Fora.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.