• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Terça-feira, 13 de outubro de 2015, atualizada às 14h30

    Comédia nacional Vai que Cola entra em cartaz no Sessão Cidadão

    vai que

    A produção nacional "Vai que Cola – o filme", estrelado pelo comediante Paulo Gustavo, entra em cartaz nesta semana na Sessão Cidadão. As exibições acontecem nestas terça e quinta-feiras, 13 e 15, às 19h, no CineArte Palace, rua Halfeld, esquina com a Batista de Oliveira. O ingresso tem preço simbólico de R$ 1, e a classificação etária é de 12 anos.

    O longa-metragem é uma adaptação da série "Vai que Cola", veiculada no canal pago Multishow. O filme é marcado pela quebra da "quarta parede", com Valdomiro (Paulo Gustavo) dialogando várias vezes com o público e se confundindo com o próprio intérprete. O clima aparente de improviso e bastidores que vaza as telas mantém a proposta da série, permanecendo as piadas e provocações entre os atores.

    A história tem início com Valdomiro, que sofre um golpe e acaba perdendo todo seu dinheiro. Fugindo da polícia, passa a morar na pensão da Dona Jô (Catarina Abdalla) no Méier, bairro localizado no subúrbio do Rio de Janeiro. A reviravolta acontece quando seu ex-sócio Andrade (Márcio Kieling) consegue fazer com que Valdomiro recupere sua cobertura no Leblon. No entanto, com a pensão interditada pela Defesa Civil, Dona Jô e os demais moradores acabam indo morar na casa de Valdomiro.

    Promovido em parceria com a direção do CineArte Palace, o projeto Sessão Cidadão é parte do esforço de revitalização do cinema e constitui uma importante alternativa de lazer cultural, com preço acessível.

    "VAI QUE COLA – O FILME" (BRA / 2015)

    Gênero: Comédia Duração: 93 minutos Classificação: 12 anos Direção: César Rodrigues Elenco: Paulo Gustavo, Cacau Protásio, Catarina Abdalla Sinopse: Após ser vítima de um golpe que roubou todo seu dinheiro, Valdomiro se muda para a pensão da Dona Jô no Méier, bairro localizado no subúrbio do Rio de Janeiro, onde pretende escapar da polícia. Para sobreviver, ele passa a vender quentinhas pelas redondezas. A situação muda mais uma vez quando um ex-sócio consegue fazer com que Valdomiro recupere sua cobertura no Leblon, mas há um problema: como a pensão foi interditada pela Vigilância Sanitária, Dona Jô e os demais moradores se mudam para a casa de Valdomiro.


    Com informações da PJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.