• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Livro de contos reúne impressões de três autores sobre o cotidianoTrês em contos é destacado pela diferença de estilo entre os jovens autores juiz-foranos. Publicação foi financiada pela Lei Murilo Mendes

    Victor Machado
    *Colaboração
    5/5/2011
    Capa do livro

    Três jovens escritores, apaixonados por literatura, juntaram-se para fazer um livro com 21 contos que busca levantar novos olhares acerca de assuntos comuns do dia a dia. Financiado pela Lei Murilo Mendes de incentivo à cultura, Três em contos, dos autores Alexandre Vieira, Carolina Fellet e Hernany Tafuri, reúne as impressões de cada um deles, que se expressam conforme seus estilos.

    O livro foi idealizado pelo aluno do quarto período da faculdade de Letras da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Hernany Tafuri, por meio de conversas pela internet com o amigo Alexandre Vieira, que cursa o primeiro período de Transporte e Trânsito do Colégio Técnico Universtiário (CTU). Segundo Tafuri, os dois e a jornalista Carolina Fellet trocavam textos pela internet há quase cinco anos. Durante esses encontros virtuais, surgiu a ideia de produzir um livro. "Tive a ideia e fiz a proposta para o Alexandre. Depois convidamos a Carolina. Essa produção acabou sendo uma forma de conhecê-la pessoalmente, já que só nos comunicávamos pela internet", afirma Tafuri.

    Vieira comenta que a idealização do livro aconteceu há três anos, aproximadamente, e, durante esse período, várias discussões foram feitas para saber como seria a produção. "Usamos textos que já tínhamos prontos, não houve nenhuma produção especial. Ao longo desse período, cada um foi selecionando os próprios trabalhos para serem lançados."

    O nome Três em contos refere-se à diversidade de produção entre os autores. Tafuri comenta que os contos são completamente diferentes, mas acabaram juntando, sem intenção, a mesma temática. "A Carolina tem um estilo de textos curtos, o Alexandre escreve trabalhos mais longos e eu estou entre os dois. Costumo escrever mais poesias e não tenho tantas prosas. Essa diferença ficou bem legal", explica Tafurri. Carolina acredita que os textos de Alexandre e Hernany sejam mais semelhantes entre si, do que em relação ao dela. "Minha escrita é bem diferente, mas as dos dois têm alguma semelhança."

    No entanto, ambos destacam que a diferença entre as obras foi um fator fundamental para a produção do livro e está fácil de ser percebida pelos leitores, como comenta Vieira. "Pensamos que seria interessante reunir três autores tão diferentes em um livro para que o público pudesse perceber." Segundo os autores, a obra possui uma linguagem clara e objetiva e aborda temas do cotidiano de forma que aproxima o autor do leitor.

    Autores

    Hernany Tafuri coleciona 15 prêmios em concursos literários e ficou em segundo lugar no Grande Concurso Cidade do Rio de Janeiro. A poesia Batalha, vice-campeã no certame, está inserida em um projeto de Tafuri de um segundo livro por meio da Lei Murilo Mendes. "Se for incluído na lei, será minha próxima publicação. O Três em contos foi uma forma de inserção no cenário. Agora acredito que cada um seguirá o próprio passo." Além disso, o escritor já publicou, em 2008, o livro Vertigens do Tempo, que recebeu prêmio de melhor livro estrangeiro de poesia jovem da Accademia Internzaionale Il Convívio Castiglione di Sicília, na Itália.

    Alexandre Vieira já conquistou Menção Honrosa nas IV, X e XI edições do Prêmio Missões - Jornal Igaçaba, de Roque Gonzales, no Rio Grande do Sul, nos anos de 2006, 2007 e 2008. Os três textos vencedores estão presentes em Três em conto e são: A Escolha, Papel de Valor e Castelo Virtual. Vieira afirma que o momento é de perceber o que o lançamento do livro poderá trazer para a carreira dos três escritores, mas acredita em novos projetos envolvendo o trio.

    Já Carolina aposta em projetos individuais e vai continuar participando de concursos literários. "Estou tentando participar de um concurso internacional, mas é difícil conseguir patrocínio. Minha intenção é fazer projetos individuais para criar a minha própria identidade." A jornalista afirma que a sua formação acadêmica ajudou a tornar o texto mais simples. Ela destaca um conto em que aborda a relação da sociedade com as grandes grifes. "Apresento uma discussão em que parece que as mulheres fazem parte da família dessas grandes marcas, tamanho o apreço que elas têm." Carolina já teve seus textos divulgados em livros e jornais, foi premiada em um concurso de redação e, atualmente, escreve para sites.

    Três em conto será lançado neste sábado, 7 de maio, às 10h, na galeria Pio X, loja 127, 2º piso, Centro.

    *Victor Machado é estudante do 7º período de Comunicação Social da Faculdade Estácio de Sá

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.