• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Quinta-feira, 14 de janeiro de 2010, atualizada às 17h30

    Juizforano escolhido para o programa Jovens Embaixadores está nos Estados Unidos

    Aline Furtado
    Repórter

    Um juizforano está entre os 35 alunos de escolas públicas, de todo o Brasil, que foram selecionados para o Programa Jovens Embaixadores. Lucas Alves Penna, 18 anos, que concluiu o terceiro ano do ensino médio no final do ano passado no Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (Ifet), embarcou, na última sexta-feira, 8 de janeiro, para os Estados Unidos, onde deve ficar até o dia 30 de janeiro.

    Na última quarta-feira, dia 13, os jovens embaixadores tiveram um encontro, que durou cerca de 20 minutos, com a primeira-dama Michelle Obama. Os estudantes conheceram o papel da primeira-dama e falaram sobre educação, alimentação saudável e a importância da prestação de serviços à comunidade.

    Segundo a mãe de Lucas, a gerente de vendas Mônica de Paula Alves Penna, eles não tiveram oportunidade de conversar após o encontro com Michelle Obama. "Falei com meu filho na terça, dia 12. Nem sabia que eles já haviam sido recebidos pela primeira-dama." De acordo com ela, Lucas está muito empolgado com a oportunidade. "Ele contou que saem do hotel por volta das 8 horas e só retornam às 19 horas. Os passeios incluem programas culturais, como visitas a museus e a universidades." Mônica conta ainda que os jovens têm conversado com várias autoridades. "Outra coisa que tem deixado meu filho animado é o fato de estar sendo entrevistado por vários veículos de comunicação."

    Jovens EmbaixadoresNos próximos dias, os estudantes visitarão os estados da Carolina do Norte, Montana, Oklahoma e Washington, onde vão conviver com famílias americanas. Os alunos receberão treinamento em técnicas de jornalismo e em desenvolvimento de planos de negócio.

    Os 35 brasileiros selecionados para o Jovens Embaixadores concorreram entre 4 mil inscritos, que representaram 22 estados brasileiros e o Distrito Federal. O Programa, que está na oitava edição, é uma iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos, em parceria com os setores público e privado do Brasil e dos Estados Unidos.

    Orgulho

    Para a mãe, Lucas sempre foi motivo de orgulho. "Ele tem o coração muito bom, tem excelente caráter, além de ser um menino muito dedicado." Com relação aos estudos, Lucas prefere a área das ciências exatas, em especial, a matemática, motivo pelo qual prestou vestibular para o curso de Engenharia Civil e aguarda o resultado. Para se distrair, Lucas gosta de cinema e jogos de tabuleiro.

    Mônica acredita que a dedicação de Lucas contou muito para que fosse selecionado. "Penso que uma das coisas que contaram como diferencial e auxiliaram para que meu filho fosse selecionado foi o trabalho voluntário", destaca. O jovem desenvolveu, durante um ano, trabalhos voluntários por meio da participação em um grupo de escoteiros, além de visitar asilos e outras instituições, através de uma escola onde faz aulas de filosofia à moda clássica. 

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.