• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação
    Sexta-feira, 14 de junho de 2013, atualizada às 10h00

    Polícia Rodoviária Federal abre concurso com 1 mil vagas

    Da Redação
    prf

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está com edital aberto para o preenchimento de 1 mil oportunidades para o cargo de Policial Rodoviário Federal, padrão I da terceira classe. Dessas, 5% são destinadas aos candidatos com deficiência. O edital prevê também formação para cadastro de reserva.

    Para concorrer a uma das oportunidades, os interessados devem possuir curso superior em qualquer área, carteira nacional de habilitação (CNH), categoria ''B''. O salário é de R$ 6.106,81 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. Os aprovados recebem, também, vale-alimentação no valor de R$ 373. As inscrições podem ser feitas no período de 24 de junho a 8 de julho, no site. A taxa é de R$ 150.

    Entre as principais atribuições do cargo estão fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes nas rodovias, escoltas, combate a exploração sexual, contrabando, crime ambiental, além dos tráficos de armas, drogas, pessoas e animais.

    O processo de seleção será constituído de duas etapas. A primeira é dividida em cinco fases. Nela, os candidatos serão submetidos a provas objetivas e discursivas (redação), previstas para serem aplicadas no dia 11 de agosto. Posteriormente, os aprovados passarão por teste físico, exames de saúde, avaliação psicológica, investigação social e/ou funcional, além da prova de títulos. Na segunda etapa é realizado o curso de formação profissional, constituído durante três meses.

    De acordo com o edital, todas as fases da primeira etapa e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência serão realizadas nas 26 capitais do país e no Distrito Federal. As datas e locais de prova poderão ser consultados no Diário Oficial da União a partir de 5 de agosto.

    Avaliações

    A prova objetiva será constituída de língua portuguesa, matemática, noções de direito constitucional, ética no serviço público e noções de informática. Já avaliação objetiva de conhecimentos específicos abordará noções de direito administrativo, penal, processual penal, legislação especial, direitos humanos e cidadania, legislação relativa ao DPRF e física aplicada à perícia de acidentes rodoviários. A avaliação que envolve a prova física envolverá: teste de flexão em barra fixa, teste de impulsão horizontal, teste de flexão abdominal e teste de corrida de 12 minutos.

    Na segunda etapa, que envolve o curso de formação, os aprovados recebem instruções sobre abordagem e tiro, defesa policial, defesa policial, direitos humanos, ética, fiscalização de trânsito, entre outras. Os novos policiais rodoviários federais serão distribuídos, preferencialmente, nas regiões de fronteira, após remanejamento dos policiais mais antigos.


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.