• Assinantes
  • Autenticação
  • Educação

    Mercado de trabalho para sommeliers está aquecidoProcura pelos cursos de formação vem crescendo ao longo do tempo, mas mão de obra especializada ainda é escassa

    Aline Furtado
    Repórter
    4/8/2011
    Vinho

    Fruto de uma prática milenar, a profissão de sommelier deve ser baseada na relação de confiança entre o profissional e o cliente. "Ao entregar a carta de vinhos a um cliente, ainda que a pessoa opte por escolher, o sommelier geralmente é chamado para opinar na escolha ou para esclarecer dúvidas", destaca o sommelier juiz-forano José dos Santos Gomes Júnior.

    Devido a esse contato, os clientes acabam tendo o profissional como referência. "Tenho clientes que, ao chegaram a algum restaurante, ligam para pedir dicas sobre o vinho que mais combina com determinado tipo de prato." Conforme Gomes, 95% das pessoas não entendem sobre vinho, embora muitas pessoas apreciem a bebida.

    A área de atuação do sommelier é bastante abrangente, incluindo restaurantes, hotéis, lojas de vinhos, adegas, eventos, entre outros. Contudo, ainda faltam estímulos quando o assunto é desenvolver profissionais sommeliers. Contraditoriamente, a procura por cursos de formação vem aumentando com o passar do tempo.

    "A mão de obra é escassa. Com isso, os profissionais formam-se e já são aproveitados pelo mercado." Há cursos oferecidos em várias partes do Brasil. Em Juiz de Fora, é possível participar de treinamentos básicos de rápida duração. Gomes afirma que uma das principais escolas de formação de sommeliers é a Associação Brasileira de Sommeliers (ABS), com sede em São Paulo e filiais em várias cidades do país. O curso na associação tem duração de um ano e meio.

    "O retorno financeiro é muito bom, mas é importante que o interessado busque se especializar." Regulamentada recentemente, a profissão pode ter salários iniciais de R$ 1,4 mil, em cidades de tamanho mediano, podendo chegar a R$ 5 mil em grandes centros, como Rio de Janeiro e São Paulo. "Mas é importante lembrar que nem sempre o sommelier desenvolverá funções específicas desta profissão. Em muitos casos, ele realiza ações comuns ao garçom e ao maître."

    Atribuições de um sommelier

    O profissional destaca que o sommelier precisa ter noção de todo o serviço, incluindo trabalhos de garçom e maître, estar sempre ligado ao time da profissão e às regras de etiqueta. "Quem pretende seguir esta carreira deve estar disposto a ser bem antenado, lendo e estudando sempre." Além disso, é importante que o profissional entenda não só de vinhos, mas de bebidas como um todo, entre elas, café, destilados e fermentados.

    Vinho Vinho

    De acordo com o sommelier, tempos atrás, na época de Cristo, quando as pessoas saíam em caravana, era normal que alguém ficasse responsável por provar comidas e bebidas. "Temia-se o risco de haver algum tipo de veneno ou algo que pudesse fazer mal. Claro que hoje em dia o foco é diferente, mas uma das atribuições do profissional é provar o vinho para evitar qualquer tipo de dissabor ao cliente, já que o produto pode estar estragado."

    Além disso, cabe ao sommelier buscar informações a respeito do gosto do consumidor, a fim de saber qual tipo de vinho é mais adequado ao paladar. Há, ainda, atribuições como cuidar de adegas, vender vinhos e fazer o produto circular nos estabelecimentos, de acordo com o tempo de armazenamento. A função de harmonizar vinho e comida — o que, conforme Gomes, não é tarefa fácil — também está entre as atribuições.

    Profissão dos sentidos

    Ser sommelier significa, ainda, desenvolver bem os sentidos, como olfato, paladar e visão. "É imprescindível degustar bastante o vinho. Para isso, é preciso se sentir atraído por ele. É como uma relação amorosa. É fundamental que um futuro sommelier apaixone-se por vinhos. Por fim, esta sensibilidade deve ser transmitida ao cliente, fazendo com que ele encante-se pela bebida, por meio do gosto, do paladar."

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.